quinta-feira, março 19, 2009

DIVERSIDADE ROCKER DE GRAÇA EM IPITANGA

Uma das mais visíveis – e melhores – características da cena roqueira local é que não há uma unidade estilística. Cada banda faz o que quer, da melhor maneira possível, ou pelo menos até onde seu talento (ou nos piores casos, a ausência do mesmo), permite.

Felizmente, falta de talento não é o caso das bandas Movidos a Álcool e Declinium, que fazem apresentação gratuita amanhã, junto aos colegas da Opus Incertum e Jato Invisível, no Caverna Rock Bar, na Praia de Ipitanga, a partir das 17 horas.

A primeira, original de Lauro de Freitas, é rock brega até o osso, com direito a todos porres, dores de corno e papelões que o estilo permite. Suas apresentações divertidíssimas e bem-humoradas já se tornaram um must tanto para fãs de Reginaldo Rossi quanto dos Rolling Stones.

Já lançaram dois CDs, verdadeiros evangelhos da sabedoria de boteco: Vamos Biritar? (2004) e Mulheres Que Nos Fazem Beber Demais. No repertório, hits impagáveis como Sônia Louca, Eu Vou Morar no Brega e Litrão de Pinga, além de alguns covers.

Já a Declinium, de Camaçari, é outra história: pós-punk ortodoxo, com se fazia nos anos 80, mas cheio de personalidade, graças as letras inspiradas e ao vozeirão renatorrussiano do vocalista e baixista Oreah, dono de um enorme potencial.

Som denso e carregado de influências de Joy Division, The Smiths e da lenda local brincando de deus.

Já a Opus Incertum e a Jato Invisível ainda não têm tanta estrada, mas podem surpreender.

A primeira segue a linha Camisa de Vênus e a segunda, com uma vocalista feminina, traz influências de Beatles e Oasis.

Movidos à Álcool, Declinium, Jato Invisível e Opus Incertum
Caverna Rock Bar
Praia de Ipitanga (ao lado do Kartódromo Ayrton Senna)
Entrada franca Sábado (21.03), 17h

13 comentários:

Franchico disse...

Eu já mencionei por aqui que estou completamente viciado na série Battlestar Galactica (o remake desta década, não a tosca-simpática de 1978)? Acho que não.

Pois é. Faz tempo que não consigo parar para assistir um filme que seja em DVD em casa, por que tudo o que eu alugo são os DVDs das 4 temporadas dessa bagaça.

A patroa não aguenta mais. Todo dia é aquele drama-épico-deprê-espacial. Todo dia tem Galactica lá em casa.

Mas por que essa obsessão, Franchico?

No link abaixo tem um bom texto onde podem ser encontradas algumas respostas.

http://www.fanboy.com.br/modules.php?name=Sections&op=viewarticle&artid=136

A conclusão é óbvia: uma das melhores séries da década, fácil.

osvaldo disse...

battlestar galactica? realmente essa sua nova obsessão é preocupante.assiste uns 2 na sky e achei muito moralista.to mais pra gossip girl, os personagens são crueis. só não vale buck rogers no sec.xxv, a pior serai de todos os tempos. é tão ruim que chega a ser hilaria.

osvaldo disse...

declinium rocks!

Franchico disse...

Pô, Bramis, Gossip Girl?? Agora vc me desmoralizou!!

;-)

Mas uma coisa vc tem razão: é um novelão. Talvez por que vc tenha pego dois episódios soltos não tenha sacado as motivações dos personagens para serem cruéis.

Bom, agora o estrago já está feito na minha integridade mental e moral. :-)

Mas se vc ler o texto do rapaz que eu recomendei aí em cima, vc entenda melhor meu ponto de vista, ele diz tudo.

Fora que a série reflete de forma brilhante diversos dilemas da vida real pós 11/9 com que nos deparamos todos os dias ao assistirmos o jornal na TV, como racismo, religião & terrorismo entrelaçados, o tratamento aos prisioneiros de guerra (tortura, Abu Ghraib etc), a paranóia do inimigo oculto entre os inocentes, fome etc.

Tudo isso embalado num cenário super-realista de FC.

Sério, essa série é muita onda.

Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos disse...

Acabamos de fazer umpost que achamos a cara daqui!
Beijocas,
Ah! Não curtimos Battlestar Galactica!

Franchico disse...

South Park tira sua casquinha de Watchmen, Batm e The Spirit...

http://www.omelete.com.br/teve/100018704/South_Park_parodia_The_Spirit__Watchmen_e_Batman_no_mesmo_episodio.aspx

osvaldo disse...

o.k. chicão, eu posso estar enganado.mas o battlestar não é aquele seriado que os personagens sào teletransportados por um portal ou janela?

osvaldo disse...

ah, o link que vc botou é muito explicativo sobre a serie.um alerta para quem pretende ver a serie até a ultima temporada: o artigo é o que se chama de "spoiler" ou estragador, conta o final da historia.

Franchico disse...

Nããão, man! Esse é Stargate! Não acompanho, não sei dizer se é bom. Só vi o filme q lançou a franquia nos anos 90, e achei, na época, bem fraco.

E de fato, o artigo conta um dos principais segredos da série. Eu mesmo ainda não cheguei no ponto q ele conta.

Mas eu não costumo me importar muito com esse negócio de spoiler, não. Pra mim, o que vale mesmo é o percurso até o destino, não o destino em si...

(Sou do tipo que não se aguenta e sai lendo spoilers pela internet sobre lost, galactica e outras séries a torto e a direito...)

Rostinhos Bonitos, seu blog parece interessante, mas não consegui vê-lo direito, pois ele travou na máquina...

Franchico disse...

Rapaz, o MySpace de Vandex tá chiquérrimo!

http://www.myspace.com/vandexspace

Abaixo, um jornalista lá dos USA escreve sobre a night brasileira no bar The Rio, onde ele se apresentou, com outros grupos do lado de cá do Equador.

http://www.thetripwire.com/blog/2009/03/03/the-brazilian-beat-2/#more-18103

Franchico disse...

No quinto dos infernos, Kurt Cobain deve estar se divertindo horrores com esta notícia.

Músicas do Nirvana não trazem retorno comercial, diz revista

http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u537414.shtml

M.R. disse...

Sim, Declinium rocks. Mais das novas nuances postpunk no mini-especial com a banda White Lies. No Clash City Rockers.

Retr80´s disse...

Franchico, vi seu comentário sobre a importância que tem os Stones da Bahia a ponto de ser feito um filme/documentário. Bom, pra ser breve, sou filho de Ivan Americano, um dos membros dos Stones, trabalho na Universidade Federal do Recôncavo na área de cinema, e eu, além de outro colega, temos interesse em aprofundar esse lance dos Stones e quem sabe iniciarmos uma discussão para a construção de um documentário, ou o que seja. Fico no aguardo de um contato, estou no ivanamericanodacostaneto@gmail.com. Abraços.