quinta-feira, agosto 25, 2016

ELES VOLTARAM PARA BOTAR

Com um show dia 18 na Concha com o Ira!, o Camisa de Vênus lança primeiro álbum em 20 anos. Marcelo Nova fala sobre disco e show

Camisa 2016: Drake, Marcelo, Robério, Leandro e Célio. Foto Livia Lamana
Foi uma longa caminhada, mas ele finalmente conseguiu: o maior iconoclasta do rock brasileiro é hoje uma unanimidade crítica.

Dançando na Lua, primeiro álbum de inéditas do Camisa de Vênus em 20 anos, tem angariado resenhas favoráveis dos críticos de norte a sul do país.

“Achei bem curiosa essa unanimidade (da  crítica)”, admira-se Marcelo Nova. “Até falei com Drake (Nova, filho e guitarrista): ‘Velho, será que fiz alguma coisa errada?’”, ri.

Como se vê, o tempo passou, mas Marcelo e o Camisa seguem numa boa. Em plena turnê de lançamento, a banda nascida na Bahia há 36 anos – radicada em São Paulo há 30 – se apresenta na cidade com a contemporânea Ira! na Concha Acústica do TCA no dia 18, prometendo, como sempre, botar pra você sabe o quê.

“Os discos do Camisa, todos, sem exceção, sempre foram controversos, mas as críticas eram dirigidas a mim. Ninguém falava do disco. Era sempre 'Marcelo Nova, o arrogante'. E como eu ironizava os crÍticos, criei algumas inimizades. Me lembro de um, de um grande jornal paulista, que fez uma critica devastadora de um show. Mas o alvo era eu, não falava da banda. Mas eu comi a namorada dele então... é engraçado! Eles andavam juntos nos anos 80, uma galera de críticos 'in', era bem engraçado, sabe? Eram todos paulistas e todos tinham bandas, e eles andavam com umas meninas bonitas ao redor e tal, mas quem comeu elas fui eu, enquanto eles fracassaram e viraram críticos, então eu entedia que eles não gostassem de mim, eu não fazia disso um problema. Eu dizia que critico é como a torre Eiffel: são muito bonitinhos, mas não servem pra nada”, dispara.

Em todo caso, a rendição da crítica também mostrou a Marcelo que o tempo se encarregou de botar os pingos nos is.

”Aconteceu que aquele menino chato e sarcástico tornou-se um senhor de 65 anos. O tempo passou e ninguém conseguiu me calar“, afirma.

“O que eu ouvia dos produtores em Salvador e de empresários paulistanos foi que eu fechava muitas portas com minha postura. Só que, na medida em que fechei vinte portas, abri outras 30. A verdade é inegável: o cara do rock (no Brasil) sou eu mesmo”, diz.

E assim, o inevitável aconteceu: veio o reconhecimento.

Botando pra você sabe o que. Foto do Facebook da banda
“A essa altura, eles (críticos) tiveram que tirar o chapéu e dizer: ‘o cara sabe o que faz’. O reconhecimento por um lado é bom. O Camisa finalmente é apreciado pela sua música, e não pelos óculos escuros ou  o topete de Marcelo Nova. Por outro lado, fico pensando, ‘porra, não tô me divertindo tanto’ (gargalhadas). 36 anos fazendo o que eu faço, tem que tirar o chapéu e bater palma mesmo, entendeu?”, afirma.

De fato, em um cenário onde o rock nacional foi varrido do mainstream pelo sertanejo e pelos melosos herdeiros dos Los Hermanos, Dançando na Lua é notícia alvissareira.

Disco de rock ortodoxo, o novo do Camisa é tradicional até no número de canções: dez cravadas, como nos antigos LPS com lado a e lado b.

Nenhuma delas longa demais, e todas são baseadas em riffs matadores da dupla de guitarristas formada por Drake Nova e Leandro Dalle.

Arte interna do CD, por Miguel Cordeiro
O baixista fundador Robério Santana e o baterista veterano Celio Glouster erguem aquela base firme sobre a qual Marcelo se eleva para disparar suas letras, que não são mais impropérios espirituosos, povoados por personagens pitorescos como Silvia ou Primo Zé.

Em outra fase desde o álbum O Galope do Tempo (2005), um marco em sua carreira, as letras de Marcelo são hoje reflexões ora malcriadas (Raça Mansa, desde já um clássico do Camisa), ora irônicas (Chamada a Cobrar), ora enigmáticas (O Estrondo do Silêncio).

Não deixa de ser um grande feito para Marcelo & Cia, que poderiam muito bem viver da nostalgia dos fãs, fazendo shows de hits por tempo indefinido.

“No fim da turnê de 2015, as possibilidades eram duas: prosseguir e fazer mais um ano de shows ou gravar um novo álbum”, conta Marcelo.

“Eu poderia ficar tranquila e serenamente deitado sobre os louros de minhas conquistas, tocando uma lista sem fim de hits. Sorte minha, que construí esse corpo de trabalho que me permite ter canções conhecidas por todos em todas as faixas etárias“, afirma.

Obrigado é o caralho, pode ir abaixando as calcinhas. Foto Facebook Camisa
“Mas isso não é suficiente para um cara como eu, aos 65 anos. Artisticamente, eu tenho que estar motivado. Quando começa a ser um exercício de repetição, vou perdendo o interesse”, conta.

Sobre o show do Camisa na Concha, Marcelo adianta que os fãs poderão ouvir músicas de todas as fases da banda.

“Uma preocupação que eu e Robério tivemos ao escolher o repertório (da turnê) foi contemplar canções de todos os álbuns, sem exceção: os de estúdio e os ao vivo”, conta.

“Mas também vamos tocar várias desse novo, até por ser o primeiro em 20 anos. E ele está bom mesmo, por que vou esconder? De jeito nenhum. O disco tem sido muito bem recebido pelos fãs”, conclui.

Ira! e Camisa de Vênus / 18 de setembro (domingo) / Concha Acústica do Teatro Castro Alves / 19 horas /  R$ 50 e R$ 100 / Camarote: R$ 125 e R$ 250 / 14 anos

Dançando na Lua / Camisa de Vênus / Produzido por Marcelo Nova e Drake Nova /  Radar Records / R$ 29,90

18 comentários:

Franchico disse...

"Ai, Gilmar, você só queria me comer. Agora que já me possuiu, me chama de vagabunda! Seu cafajeste! Ai, não me pega assim, gato"!

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/eramos-lindos-os-herois-da-lava-jato-engoliram-o-choro-depois-das-palmadas-de-gilmar-por-kiko-nogueira/

(Slow claping).

Franchico disse...

Todo mundo pro cinema pagando ingresso.

http://www.brasilpost.com.br/2016/08/24/kleber-mendonca-filho-aqu_n_11683856.html?utm_hp_ref=brazil

Esse filme precisa ser um sucesso de bilheteria.

Franchico disse...

E o mundo continua vendo o GOLPE:

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/08/1806495-artistas-estrangeiros-se-unem-a-campanha-contra-impeachment.shtml

Franchico disse...

Narizinho está certa!

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/gleisi-resumiu-tudo-o-senado-nao-tem-a-menor-autoridade-moral-para-julgar-dilma-por-paulo-nogueira/

São como um exército de Cucas julgando Dona Benta!

Franchico disse...

Quem são os coxinhas? De onde vem? Como vivem? Como se alimentam, se reproduzem, para que time torcem? E o mais importante: eles lavam a bunda? Tudo isto e muito mais no Rock Loco Repórter de hoje:

http://www.sul21.com.br/jornal/viagem-ao-universo-coxa-por-ayrton-centeno/

Franchico disse...

Realizado com sucesso no ano passado, o Festival Radioca, organizado por Luciano el cabong Matos, Ronei Jorge e Roberto Barreto, está promovendo uma campanha de crowdfunding para viabilizar a edição 2016.

SEGUE RELEASE:

Festival Radioca lança financiamento coletivo

O Festival Radioca lançou no último dia 19 de agosto uma campanha de financiamento coletivo para realização da sua segunda edição, que acontecerá nos dias 3 e 4 de dezembro, no Trapiche Barnabé. O objetivo é levantar R$25 mil para complementar o patrocínio do projeto até o dia 20 de setembro. As cotas de apoio, com valores a partir de R$30, dão direito a recompensas como convites para festa de lançamento, kits com CDs de bandas nacionais, estadia no hotel do festival e até sessão de fotos e consultoria de comunicação para bandas. Tanto pessoas físicas quanto grupos, empresas ou associações podem contribuir. A ação está disponível no site Catarse, no endereço catarse.me/festivalradioca.

Franchico disse...

Quem é Cassio Cunha Lima, senador do PSDB-PB e "gente de bem", que quer cassar Dilma a qualquer custo.

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/que-moral-tem-o-ficha-suja-cassio-cunha-lima-para-julgar-dilma-por-paulo-nogueira/

Nada de novo. Apenas mais um oligarca nordestino, bem do tipo que os baianos conhecem tão bem.

Franchico disse...

Brasil, presta atenção: É ASSIM QUE SE FAZ:

http://www.debateprogressista.com.br/na-argentina-28-criminosos-da-ditadura-sao-condenados-a-morte/

Brasileiro adora esculhambar argentino, mas eles, pelo menos neste quesito, tem muito mais brios e culhões - vergonha na cara mesmo - do que nosotros.

Adelvan disse...

Pra mim, tudo começou com o Camisa de Vênus: "Viva - Ao vivo" foi o disco numero um de minha coleção. Há 30 anos, direto do ^túnel do tempo ...

Rodrigo Sputter disse...

discofurado.blogspot.com.br/2016/03/brincando-de-deus-better-when-you-love.html
vc viu q o cara respondeu?

o kleber não devia se preocuar...quem é menor q 18 q vai ver o filme dele?
malmente maiores disso vão...fora q a mentalidade jovem hj tá quase toda conservadora e reacionária...a que ponto chegamos, os "velhos" como nós "revolucionários" e os jovens reaças...eta século XXI doido, pena que num vou ter saco pra viver nelo muito tempo...pq senão gostaria de ser um centenário pelo menos pra ver como é q essa zorra vai se desenvolver...

condenados a morte ou a perpétua os fascistas argentinos?

Franchico disse...

Depois querem convencer o Brasil e o mundo que não é perseguição política, que não é GOLPE:

http://www.revistaforum.com.br/2016/08/26/delegado-da-pf-que-indiciou-lula-era-cabo-eleitoral-de-aecio-neves/

Franchico disse...

Eis a prova cabal e definitiva de que, nós, cidadãos brasileiros que trabalham cinco meses por ano para pagar impostos e comparecemos às urnas para votar, não passamos de PALHAÇOS, verdadeiros otários:

http://www.brasilpost.com.br/2016/08/26/eleicoes-sp_n_11729370.html?utm_hp_ref=brazil

E ainda há muitos de nós que ficamos nos digladiando - em redes sociais e pessoalmente - defendendo este ou aquele lado.

Quando na verdade não existe lado certo: SÃO TODOS CANALHAS.

E nós somos todos canalhas junto com eles, aos aceitar entrar no jogo dessa democracia de mentirinha, em que os únicos realmente representados pelos poderes políticos são aqueles que detém os poderes econômicos.

Pior: somos canalhas úteis, imediatamente descartados após as eleições.

me. tira. o. tubo.

Franchico disse...

Le Monde: queda de Dilma ou é golpe de Estado ou é farsa

http://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/le-monde/2016/08/27/opiniao-queda-de-dilma-ou-e-golpe-de-estado-ou-e-farsa.htm?cmpid=tw-uolnot

O MUNDO ESTÁ VENDO.

Franchico disse...

Dizem que a arte boa, a verdadeira arte, não serve pra nada, não deve ter utilidade. Que bom que, de vez em quando, aparece alguém para cagar nas regras prontas:

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/video-duvivier-imita-temer-no-circo-voador/

Rodrigo Sputter disse...

http://www.saraiva.com.br/sergio-moro-a-historia-do-homem-por-tras-da-operacao-que-mudou-o-brasil-9337380.html?mi=VITRINECHAORDIC_frequentlyboughttogether_product_9337380

http://www.saraiva.com.br/sergio-moro-o-homem-o-juiz-e-o-brasil-9338433.html

chico, quando é seu niver pr´eu te dar o livro sobre o herói do brasil??


tanta coisa boa pra ser impressa...e fazem isso...e já vi pelo menos outro livro sobre ele em banca de jornal...


cara...eu num vou defender o psol...mas tenho votado neles por causa da "limpidez" do partido...num vou botar mão no fogo por ninguém...mas dar uma força pra eles...tem algumas boas idéias...talvez pra prefeito eu num anule, vote em alice portugal...mas talvez num 2o turno, ou no 1o pra grampinho num levar de 1a...


me pergunto se às vezes essa porra num é um site de fofocas:
http://www.brasilpost.com.br/2016/08/25/coisas-que-descobrimos-sasha-meneghel_n_11695572.html

http://www.brasilpost.com.br/2016/08/23/xuxa-voz-sasha_n_11666474.html

blz, a voz da mina parece mesmo pacas...mas daí isso ser notícia de um site, só se for de fofocas...a minha voz parece tanto com a do meu pai, q dia desses liguei pra casa e ele atendeu na extensão e minha mãe na outra, q pensei q era eco do celular...falei com ele sobre isso e ele falou q todo mundo fala isso, q parece...mas num sou a shusha nem a xaxa...

chico pagando pra mim um picolé e eu com vergonha, mas o anti-corrupção me deixou mais leve:
http://www.brasilpost.com.br/2016/08/25/jantar-kim-kataguiri_n_11705816.html

hehehehehehehe

Rodrigo Sputter disse...

quando dilma passou mal ele disse q ela deveria desmaiar ao vivo:

http://www.brasilpost.com.br/2016/08/26/flavio-bolsonaro-passa-ma_n_11718428.html
aí uma opositora política dá uma de humana e o cara num aceita, mesmo q ela tenha feito pra fingir q se preocupa...ela o fez...o pior é a quantidade de vaias q ela levou...tenha medo de 2018!
ou de repente se rolar eleições agora...mas bolsonazi é burro, mas não idota (ou vice-versa ou ambos?), creio q ele num vai se candidatar a presidente...vai deixar os baba ovos dele sempre falando dele...e pode chegar a senador e matar uma puta ponta...e só criticar o governo se for de esquerda...o outro lado paga mais pra ele...


putz, esse site tem kd uma:
http://www.brasilpost.com.br/2016/08/23/pedro-bial-leifert_n_11662122.html

10 segundos pra um partido como o psol...imagine os outros menores:
https://www.youtube.com/watch?v=oP2oukU8nUE
democracia da porra..."ah rodrigo, mas se tivessem mil partidos pra se candidatarem como seria?", primeiro nao tem...e se tivesse numa democracia todos teriam direito ao mesmo tempo...foda-se.

vc falou da galera rica q larga tudo pra fazer outras cousas, isso aqui é pior:
http://www.brasilpost.com.br/2016/08/26/financiamento-coletivo-zebeleo-cancelado_n_11718658.html

Rodrigo Sputter disse...

http://atarde.uol.com.br/brasil/noticias/1797139-medico-enfaixa-perna-quebrada-sobre-roupa-de-paciente-no-interior-de-sp

que tal?
depois a classe fica nessa de corporativismos...nem todo mundo claro, mas...pqp...nem eu q num sou nada sei disso...

ps.: o que me chamou a atenção dessa sra de 70 anos é q ela tem cara de pelo menos 80. coitada.

Rodrigo Sputter disse...

http://atarde.uol.com.br/politica/noticias/1797282-dilma-recebe-collor-em-busca-de-votos

essas coisas que são dose...