quinta-feira, julho 01, 2004

rock no rock loco

A presença de Big foi determinante para que o set fosse mais rock pesado.Alias tive uma conversa com Don e Roney hoje pela manhã sobre uma questão que tem pintado quando faço a programação das quartas;devemos fazer o set para nós mesmos ou devemos fazer mais preocupados com a "audiencia"?.Sim,porque como comentou Don, se tiver nem que seja uma pessoa ouvindo e curtindo já tá valendo a pena.E Roney falou que atende os pedidos dos ouvintes com o maior prazer.Tenho a tendência de fazer uma coisa que agrade primeiro a mim,e provoquei Don ,que tem um gosto musical diferente do meu, a contrapor-se a esta tendencia.No fim concordamos que o legal é que este choque de gostos musicais diferentes nos diversos dias de programa tem resultado numa quimica interessante.O importante é manter o rock loco.

Um comentário:

sora disse...

o impoortante é manter o rock loco. No mais, j´´A TEM GENTE DEMAIS NA FITA.!!!!!



Nelson rodriguesvtinha saudade do jornalismo com exclamaçao.