segunda-feira, julho 19, 2004

Camelo / Chorão ainda dá pano pra manga

Ainda sobre o lamentável episódio Camelo / Chorão, o site da revista Zero publicou excelente texto assinado por Carlos Eduardo Lima, no qual o autor disseca a carreira dos barbudos e nos deixa com uma pulga atrás da orelha: atitude rock, afinal de contas, é fazer as coisas da sua própria maneira e cagar para as regras (como os Hermanos), ou usar bermuda, andar de skate e mandar tudo e todos se foderem (como Chorão)? Essa polarização é pra valer? Segue um trechinho do texto para dar água na boca e o link para o mesmo: http://revistazero.terra.com.br/.
 
"Num processo inverso do que deveria ser "certo", não gostar de Los Hermanos afirma a condição de macho Neanderthal musical que o rocker brasileiro tanto preza em cultivar. Por que falar de amor e angústia se você pode sair mandando todos se foderem e andar de skate como maneira de edificar sua vida? Pra quê se concentrar tanto nos processos de composição e filtragem das influências se você pode cantar em inglês e copiar a banda inglesa da semana ou de dez anos atrás nos undergrounds da vida? Ou até mesmo a banda medíocre nacional nas trilhas de Malhação?"

8 comentários:

Daniel Barbosa disse...

ouvi sexta uma versão de smell like teen spirit do nirvana no rock loko, só com vozes, uma gritaria retada, alguém pode me dizer que banda é?

Franchico disse...

aquilo é um japonês maluco chamado Dokaka, que é uma espécie de beatbox humano q regrava vários clássicos do rock só com a boca. inclusive, li uma notícia recente q a Bjork chamou o figura para cantar no disco novo dela. no site do japa doidão dá para baixar vários mp3:
http://www.dokaka.com/

osvaldo disse...

Algo me diz q esta briga dos hermanos/chorão ainda vai acabar em pizza.o chamado rock brasileiro é antes de tudo uma grande ação entre amigos,talvez até pela precaria situação do país,que faz a simples sobrevivencia de qualquer projeto uma grande vitoria.pelo que acompanhei nos bastidores do rock brazuca,quando alguma banda chega lá(faz sucesso) é meio que parte do pacote entrar para a tchurma,com rarissimas exceções.não torço pela briga de ninguem,mas seria interessante vez por outra alguem marcar posição e dar uma sacudida na hipocrisia reinante,de preferencia sem violencia fisica,mas não creio que chorão e camelo vão ser protagonistas de tal embate.

Gabriela R. Almeida disse...

Achei o texto interessante, mas para mim a posição do autor é maniqueista demais. Adoro o Los Hermanos, mas entendo que tem gente que não gosta, e nem por isso vou dizer que quem não gosta não entende de música. Tem gente que acha chato, é um direito. E da mesma forma que agora o autor diz que tá na moda falar mal dos Los Hermanos, tava na moda também pagar o maior pau para eles no ano passado, por exemplo. Ah, tem fã do Los Hermanos que é um pé no saco. Uma galera pseudo intelectualóide, tirada a descolada, que acha que descobriu a música porque acha o Los Hermanos uma banda muito de fuder. Eu gosto MUITO do Los Hermanos, fui nos 3 shows que aconteceram em menos de um ano, mas acho que essa idolatria desmedida tá começando a encher o saco. E como eu já falei, o cara é tão fã (Carlos Eduardo Miranda) que diz: "Los Hermanos é um exemplo raro de banda que se infiltrou num meio estranho ao seu, incluindo crítica e público, por pura falta de cultura musical no Brasil." - Quem não gosta não entende de música... Tsc, tsc, tsc...

Franchico disse...

acho q a questão é mais simples mesmo, sabe? Chralie Brau é uma banda ruim, ainda q tenha bons músicos, liderada por um cara ignorante e sem a menor noção de postura rock. já o Los Hermanos é uma banda excelente, oriunda de um estrato mais intelectualizado mesmo, universitários esclarecidos, que fazem na prática o que a maioria dos bad boys como o Chorão só fazem na garganta: não abaixam a cabeça, nem se vendem, nem adotam modelitos pré-fabricados de postura e comportamento. rock é ser o que se é e pronto. nada mais simples. qto aos fãs chatos, eles q se lixem. aliás, nada mais chato q fã. seja do q for.

Anônimo disse...

RIDICULA ESSA HISTÓRIA... CHORÃO FOI PROVADO E FEZ POUCO EM QUEBRAR APENAS O NARIZ DAQUELE ARROGANTE E PEDÓFILO CAMELO.

Leandro disse...

ATITUDE ROCK É OUVIR FADO!

Juliano Bueno disse...

eu gostei quando o chorão QUEBROU O CAMELO. vibrei muito e dei gargalhadas. queria que ele tivesse estourado mais o camelo. essa banda modinha universítária é maior poser intelectualóide do caralho. é muito lixo, eles são muito pilantras olha o começo da carreira deles...não curto, achei BACANA O CHORÃO PORRAR A CARA DO CAMELO, gostei mermo, queria ter um video disso.