quinta-feira, fevereiro 02, 2012

DIGITÁLIA JÁ COMEÇOU – MAS CONTINUA ATÉ DOMINGO

Existem dois verões em Salvador. Há o verão “mais do mesmo” –  que vai  bem, obrigado. E há o verão que  traz novidades relevantes de fato.

E o  evento da temporada que melhor se encaixa nesse perfil começa hoje: é o Digitália – novo até no formato, meio congresso acadêmico, meio festival  de música.

Idealizado pelo Doutor em Comunicação / músico / agitador cultural Messias Bandeira (foto: Beatriz Franco), o Digitália tem um tema central, que é “celebrando a primeira  década de música on line”.


“A razão de ser desse tema é que  nenhum outro segmento da cultura foi tão afetado quanto a música”, justifica Messias.

“Ela foi ao limite das questões de compartilhamento. A internet mudou de fato toda a cadeia da produção musical”, percebe.

Para dar conta de tema tão palpitante, o organizador tratou de atrair para a cidade tanto estudiosos da academia, quanto músicos que conhecem na prática – e até mesmo simbolizam – este momento.

Na primeira categoria estão Volker Grassmuck, “da Universidade de Berlin, que trabalha muito na área de gestão coletiva dos direitos autorais”; Derrick de Kerckhove, diretor do McLuhan Program in Culture and Technology; Ronaldo Lemos, “que escreve para a Folha de S. Paulo, é diretor de Centro de Tecnologia & Sociedade da Fundação Getúlio Vargas e é professor de da Universidade de Princeton”, descreve Messias.

Na outra frente estão músicos e ativistas como Gilberto Gil, o badalado rapper Criolo e o norte-americano Paul Miller AKA DJ Spooky, que se apresentou ontem, na abertura, ao lado da Orkestra Rumpilezz e do DJ Psilosamples (MG).

“Além de DJ, Spooky é professor, escritor e circula muito pelas universidades do EUA e Europa”, diz.

A rede e o rio de Heráclito

Uma das particularidades do Digitália é que ele também traz Gilberto Gil (Crédito foto: blogs.cultura.gov.br) de volta a Salvador em um formato incomum, como palestrante.

“Vou abordar tópicos ligados ao tema, as novidades dos aspectos positivos e negativos em relação a internet, ao ciberespaço, a convergência de tecnologias”, enumera Gil.

O ex-ministro da cultura relaciona a internet ao conceito filosófico de Heráclito (aprox. 535 a.C. - 475 a.C.): “A internet cresceu e transbordou como o  postulado filosófico de Heráclito. O Pierre Levy tem uma frase que se refere isto: 'o rio de hoje, não contente de correr sempre, também transborda'. É exatamente como a internet”, observa.

“Para a internet convergiu todo o conhecimento, a biblioteca mundial, o mundo pictórico, a TV, o rádio, o cinema. É o grande acervo cultural mundial, todas as línguas, tudo. Nada hoje vive sem a internet”, afirma.

“E como ela é um conjunto de técnicas de um dinamismo extraordinário, ela impõe esse dinamismo a todos os outros campos. É o grande receptáculo de toda a vida mental humana”, conclui. A palestra promete.

Quem também faz palestra, mas ao seu próprio modo (o modo do rap), é Criolo (foto: Junior Furlan), a quem cabe encerrar o Digitália, domingo, na Concha Acústica.

Na semana passada ele esteve na cidade, aonde gravou um clipe em homenagem ao Ilê Ayiê, dirigido pelo baiano Ricardo Spencer: “Fui convidados para participar de um projeto de valorização dos blocos afro, o que já foi uma grande honra para mim”, conta.

A honra se estende até domingo, quando estreia em um dos melhores palcos da cidade e apresenta, com banda completa, o show do premiado álbum Nó Na Orelha (2011). “Cara, meu coração tá feliz demais por essa oportunidade. Já percebi que vou aprender muito. Como é um festival,  esperamos contribuir e aprender”, conclui.

SAIBA MAIS AQUI: Digitália


E LEIA ENTREVISTAS COMPLETAS COM GIL E CRIOLO (MAIS A PROGRAMAÇÃO) AQUI

15 comentários:

Franchico disse...

A quem interessar passar um tempinho em NY fazendo música...

SEGUE RELEASE:

Red Bull Music Academy 2012: inscrições abertas até dia 02 de abril
Neste ano, encontro mundial será em Nova York, no período de 30 de setembro a 02 de novembro. No Brasil, programação do Red Bull Music Academy passa pelo Rio Music Conference



Depois de passar por cidades como Berlim, Toronto, São Paulo, Barcelona e, mais recentemente, por Londres (2010) e Madri (2011), o Red Bull Music Academy escolheu Nova York como sede do seu encontro internacional para este ano. Realizado desde 1998, o encontro está em sua décima-quinta edição e reúne profissionais de várias áreas da música, como DJs, produtores, compositores, cantores, entre outros, selecionados por membros da Academia, via processo de inscrição. Neste ano, as inscrições serão de 02 de fevereiro até 02 de abril, sempre via site oficial do projeto - em redbullmusicacademy.com.

Do Brasil já participaram músicos e compositores como Bruno Morais (Seattle, 2005), Maurício Fleury (Toronto, 2007) e Gabriel Nascimbeni (Londres, 2010), os três residentes em São Paulo, além de Lucas Febraro (Madri, 2011), de Brasília, e o DJ Babão (Barcelona, 2008), do Rio de Janeiro.

No site oficial, além da ficha de inscrição para download é possível encontrar informações adicionais sobre o projeto e FAQs com respostas às dúvidas mais frequentes.

Por que Nova York? Caldeirão cultural do mundo, Nova York é berço de diversos gêneros musicais como hip hop, disco, house, bop, no-wave, entre outros, refletindo a característica cosmopolita desta cidade, que reúne gente de todas as partes do globo. Este traço tão forte de Nova York também está presente no Red Bull Music Academy que, ao selecionar profissionais da música de diversos países, para participarem de seu encontro mundial, promove um autêntico intercâmbio de conhecimento e experiências ao longo de aproximadamente 1 mês, em duas turmas com duração de duas semanas cada.

Red Bull Music Academy no Rio Music Conference: um painel do Red Bull Music Academy no dia 15/02, às 18h, fará parte da programação da edição nacional do Rio Music Conference 2012, evento dedicado à música eletrônica realizado no Rio de Janeiro desde 2009. Na ocasião, estarão reunidos nomes como o produtor musical Liminha e seu mais novo projeto, intitulado Power Trio – que conta com as participações do rapper Dughettu e do DJ Sany Pitbull – além de Plínio Profeta, DJ Revolution (EUA) e o músico brasiliense Lucas Febraro, que representou o Brasil no encontro mundial do Red Bull Music Academy 2011 realizado em Madri. A tônica deste painel é discutir os novos rumos da música tendo como referência o crescimento dos projetos colaborativos que reúnem diversos artistas (a exemplo do Power Trio). Mais informações sobre como participar do painel no site oficial do Rio Music Conference (http://www.riomusicconference.com.br/)

Infosessions pelo Brasil
Durante a fase de inscrições, uma série de eventos do Red Bull Music Academy serão realizados pelo mundo, incluindo o Brasil. Nas infosessions, os interessados tem como saber mais sobre como funciona o processo de inscrição em workshops com temas relacionados à produção musical local. No Brasil, as infosessions serão realizadas entre 15 de fevereiro a 17 de março – para convidados - nas cidades do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, São Paulo, Goiânia e Porto Alegre.

Red Bull Music Academy na web:
www.redbullmusicacademy.com
www.rbmaradio.com
www.facebook.com/redbullmusicacademy
www.twitter.com/RBMA (#rbma2012)
www.soundcloud.com/redbullmusicacademy.com
www.mixcloud.com/rbma
www.vimeo.com/redbullmusicacademy
www.youtube.com/redbullmusicacademy

Talles Oliveira disse...

ótima dica!

Talles
www.radiopodecre.blogspot.com

osvaldo disse...

o rock loco faz jus ao seu epiteto:
nossa base é salvador
a cidade do axé
a cidade do terror

Franchico disse...

Recebido por email.

SEGUE RELEASE:

Retrofoguetes estão em seleção internacional

Os Retrofoguetes, trio instrumental formado por baianos talentosos e uma das bandas mais requisitadas no cenário brasileiro, estão na lista especial da revista inglesa Songlines, especializada em World Music, junto com outros 13 artistas nacionais, como Luísa Maita, Orquestra Imperial e Tiganá Santana, este último também baiano. A Songlines é direcionada para produtores de festivais, radialistas, jornalistas e gravadoras. Com uma tiragem de 20.000 exemplares, a revista é distribuída no mundo inteiro, tem versão online e podcast, sendo uma referência nas publicações de World Music.

Através de uma parceria com a Brasil Music Exchange (BME) para promover a música brasileira em outros lugares, alguns artistas foram convidados a enviar seus trabalhos para análise. Os Retrofoguetes figuram na lista com a música Maldito Mambo!, faixa do CD “Chácháchá”,segundo da banda, lançado em 2009. De acordo com a Songlines, a música escolhida “poderia ser a trilha sonora para um thriller de espionagem nos anos 60 ou a faixa tema de um circo retrô rolando na cidade”. É a fantástica música dos Retrofoguetes decolando para vôos cada vez mais altos.

A Songlines foi distribuída na feira Midem – Marché International du Disque ET de l’edition Musicale – 2012, que aconteceu em Cannes (França) de 28 a 31 de Janeiro. Essa feira é o maior encontro mundial de empresas ligadas ao mercado musical.

http://www.songlines.co.uk/

http://www.midem.com/

http://bma.org.br/brmusicexchange/en/2012/01/eng-midem-2012-songlines/

Mirdad disse...

Chicão!

Fiz micro-resenhas e disponibilizei os links para os 6 EPs lançados até agora pela Glauberovsky Orchestra, do nosso camarada Glauber: http://elmirdad.blogspot.com/2012/02/glauberovsky-orchestra.html

Acho que já tá na hora de fazer alguma matéria sobre isso. Fica a dica! O cabra tá numa produção danada, e já já vai rolar um clipe feito por Xanxa.

Abs!

Franchico disse...

Estou impressionado. É quase do tamanho do meu bráulio!

http://omelete.uol.com.br/marvel-comics/quadrinhos/ilustrador-faz-poster-gigante-com-100-super-herois-marvel/

Franchico disse...

Mirdad, sugestão anotada. Já estava querendo fazer algo aí, claro, mas é que a produção é tamanha (e tão veloz), que confesso que me perdi. Glauber, vc me explica tudo direitim depois?

Nei Bahia disse...

Chico, Bráulio só você pra lembrar, é nostalgia da década de 90!!!

Franchico disse...

Humm... bilau, então? Que tal bingulim? Tchola? Caralho, são muitas denominações, caceta! ;-)

Nei Bahia disse...

Estrovenga eu acho poético!

Franchico disse...

Diria até... lírico!

Franchico disse...

À luz dos últimos acontecimentos na egrégia Assembleia Legislativa (Franciel, vc está vivo?), meus sinceros votos de um Carnaval cancelado a todos!

(Com o devido respeito e solidariedade aos amigos músicos que tem pauta no período...)

Braulio Drumond disse...

A banda ABSTRATUS realizou um tributo ao System Of A Down gravado ao vivo em estúdio para o programa REALIDADE MUSICAL.

A banda fez uma enquete através do facebook do programa ( http://www.facebook.com/realidademusical ) para saber do público qual banda consagrada gostariam de ver recebendo a homenagem.
System Of A Down foi a banda mais votada e o tributo, lançado em 4 etapas, você pode conferir clicando nos links abaixo:

PARTE 1 - CIGARO (clique aqui)

PARTE 2 - SUGAR / SYSTEM OF A DILMA (clique aqui)

PARTE 3 - B.Y.O.B. / TOXICITY (clique aqui)

PARTE 4 - AERIALS / CHOP SUEY (clique aqui)


Saiba mais e acompanhe a banda ABSTRATUS e o programa REALIDADE MUSICAL.

http://www.facebook.com/realidademusical

http://www.realidademusical.com.br/

http://www.youtube.com/user/Abstratus

REALIDADE MUSICAL

Uma Banda, um desafio: 1 música por mês. Um reality show nunca antes visto.

O programa apresentado pela banda Abstratus mostra todos os detalhes do processo que faz com que uma simples idéia se torne uma música.
O público pode acompanhar todos os passos envolvidos: composição, arranjo, produção, gravação e mixagem.
O que torna o projeto ainda mais desafiador é o aspecto de "reality show", no qual o público pode acompanhar ao vivo, pela internet, todas as atividades do grupo, além de participar das nossas decisões através de votações.
Ao final de cada semana, um episódio-resumo é produzido com os melhores momentos.
Ao final de cada mês, uma música inédita é finalizada e um clipe com as melhores cenas dos episódios é feito... nenhum detalhe fica de fora!

--
Braulio Azambuja
braulioazambuja@gmail.com

osvaldo disse...

Gilberto Dimenstein na Folha, falando o que alguns de nós fala há muito tempo:

Salvador é uma mentira

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/gilbertodimenstein/1044565-salvador-e-uma-mentira.shtml

teclas pretas disse...

sim, chicón. acho que é hora de falr um pouco desse lance, glauberovsky orchestra. a gente tem que se encontrar preu te entregar os eps num cd-r. daí depois, a gente marca de conversar, de preferência com um gravadorzinho, além do bloquinho costumeiro, rsrs. abraço, meu amigo véio.
GLAUBER