sexta-feira, maio 21, 2010

VANDEX LANÇA 1º CD SOLO HOJE, NO GROOVE



A loucura, a feiúra e tudo aquilo que não parece normal, mas que na verdade faz parte da vida e do cotidiano – tanto quanto o que é convencional. É nessa vertente que o cantor e compositor Vandex (ao lado, em foto de Sora Maia) buscou a inspiração para conceituar seu primeiro CD solo, Ironia Erótica, cujo lançamento oficial será amanhã, no Groove Bar, com abertura da banda de surf music Capitão Parafina & Os Haoles.

Ex-baixista e fundador da banda Úteros Em Fúria, de importância fundamental para a cena roqueira baiana dos anos 1990, Vandex passou boa parte da última década trabalhando com a banda Guizzzmo, que liderava em parceria com outro ex-membro de Úteros, o guitarista Apú Tude.

Após lançarem um álbum, Macaca! (2005), desfizeram a banda em 2006. Decidido a seguir solo, Vandex chega agora ao primeiro álbum cheio, viabilizado graças ao apoio do Projeto Pixinguinha, da Fundação Nacional de Artes (Funarte).

Alter ego

No CD, Vandex parece explicitar uma intenção de, mais do que um artista de rock, querer se impor como compositor dentro da tradição de “malditos“ da MPB, como Walter Franco, Arnaldo Baptista e Zé Rodrix.

Não a toa, o repertório do show conta com covers de Franco (Canalha) e Rodrix (Mestre Jonas). O cantor confirma essa intenção / pretensão. “É verdade, há esse diálogo. Ano passado, até fui convidado para me apresentar em um festival de música de vanguarda no Pelourinho. Cantei na mesma noite do Arrigo Barnabé“, lembra.

Como estratégia para ajudar a soltar os bichos, o músico, nascido Evandro Botti em Cruz Alta (RS), filho de pai baiano e mãe gaúcha, criou um alter ego de cara pintada (foto), similar a um duende. “Vandex é meio que um personagem, alguém que se entrega às paixões e não se curva aos dogmas intelectuais. É mais ou menos o que eu gostaria de ser“, admite, rindo.

“Me inspirei em Erasmo de Rotterdam (filósofo, 1467-1536) e no seu livro Elogio à loucura, que teve um grande impacto em mim. Ele mostra como o intelectual é vaidoso , se torna um solitário e acaba sofrendo muito por isso“, explica.

Em oposição a essa sina, Vandex, o personagem, adota uma postura de irreverência, desequilíbrio e devassidão.

“O que amarra o conceito do trabalho é menos a estética musical e mais a proposta filosófica. Até por que o CD passeia por vários gêneros como rock, bossa, bolero“, enumera.

Desta forma, encarando o rock como uma ideia – em oposição aos que o veem como um som específico – Vandex exalta no seu trabalho “o prazer de ser escroto, a beleza da sacanagem“, como ele mesmo define.

“As letras são baseadas no que o título – Ironia Erótica – propõe: uma certa atração pelo irônico, pelo perverso, pelo degenerado. Tudo o que se contrapõe aos padrões de beleza mais apolíneos, ocidentais“, viaja.

Participações diversas

No CD, a maioria das faixas são de autoria do próprio Vandex, mas também há algumas parcerias. Gasolina Azul é uma (rara) faixa de autoria de Mário Jorge, baterista da Úteros em Fúria e da Penélope. Já As Pedras da Casa tem letra do poeta Fred Souza Castro.

Nas gravações, ele contou com a participação preciosa de músicos do porte de Dom Lula Nascimento (bateria), Aderbal Duarte, Poliana Monteiro (Banda de Boca) e Nancyta, com que faz dueto na faixa O Mel das Paixões. “Fazemos um casal sadomasô que troca carícias e porradas“, diverte-se Vandex.

No palco, a banda de apoio conta com Maurício Pedrão (baterista de Ronei Jorge & Os Ladrões de Bicicleta), Son Melo (baixo) e Diego Andrade (guitarra). Na abertura, diversão garantida com Capitão Parafina.

Lançamento do CD Ironia Erótica, de Vandex / Show de Abertura: Capitão Parafina e Os Haoles / Amanhã, 22 horas / Groove Bar / Rua Marques de Leão, 351, Barra (3267-5124) / R$ 25 e R$ 20 (nome na Lista Groove - Orkut) / Classificação: 18 anos

VANDEX TV / EPISÓDIO DE 18 DE MAIO DE 2010 / CONVIDADOS: ROGÉRIO BIG BROTHER E BANDA VANDEX

7 comentários:

Anônimo disse...

VANDEX, um amigo e uma referência comportamental!!!!!!!!
Quando ainda estava na Úteros lembro dele no campus do Canela na Faculdade Música da UFBA virando um "professor pardal" do rock baiano...mas sem racionalismo, nosso maluco beleza nunca deixou de lado a emoção e a mais pura filosofia libertária...acompanhei a vermelha Guizzmo e agora quero conferi o solo de inspiração louca...precisamos de mais vandex na nossa música popular roqueira (esse termo foi eu quem cunhou e carlos lopes, outro amigo, a utiliza para definir o som da carioca Mustang, outra banda ungida na filosofia e no feeling da alma)
avante vandex...vc é a prova viva de que o inusitado é pop! vc é nosso antídoto para o modismo que infesta até a cena alternativa.
cláudio moreira

Franchico disse...

Não custa lembrar que é hoje:

Especial das Seis

Um dos maiores guitarristas de blues da história, Johnny Winter está pela 1ª vez no Brasil neste mês de maio, para uma série de shows que passa por sete cidades, de Manaus a Curitiba.
Com mais de 40 álbuns gravados, o artista ganhou dois Grammy Awards e tocou com grandes nomes do blues, como Muddy Waters, Willie Dixon e Walter Horton.

Segundo a revista Rolling Stone, Johnny Winter figura na lista dos "100 Melhores Guitarristas do Mundo", e faz parte da Fundação Blues Hall of Fame. No programa de hoje, terá sua vida e trajetória comentada pelo convidado especial Nei Bahia.

Produção de Emmanuel Mirdad.

Franchico disse...

Bela saudação, Cláudio.

Franchico disse...

Opa, esse showzim vai ser bom, hein?

Tentrio, Pata de Elefante (RS) e Vendo 147 - 11/06 (sexta), na Zauber.

Franchico disse...

Projeto a se acompanhar com atenção:

http://www.omelete.com.br/cinema/terrence-howard-pode-viver-marvin-gaye-nos-cinemas/

Mirdad disse...

SHOW DO CARALHO DE VANDEX!
#vandexbroca
Tuitadas:

@vandex é o cara que compreende e representa materialmente o que é o estado perfurante e viajandão das Farpas e Psicodelia. ///

Canalha é o idiota que poderia ter ido e ficou em casa, perdendo o melhor show de rock dos últimos meses em SSA: @vandex!!! ///

No lançamento do CD Ironia Erótica ontem à nt, @vandex ensinou aos mortais o q é vociferar o rock!!! ///

Ter assistido @vandex foi ter a certeza q foi mt bom ter parado de tocar. É mais digno criar o espaço para os gênios operarem. ///

E, já no final daquela pregação corrosiva da desconstrução do óbvio, eis que @vandex manda um cover de Belchior. FODA!

#vandexbroca
#vandexbroca
#vandexbroca
#vandexbroca

cebola disse...

Show do caráleo, véio. Muito bom! Que guitar é aquele??! Parabéns mr Evandro!