domingo, março 13, 2005

ROCK LOCO É MEDALHA DE BRONZE NO PRÊMIO ROCK INDEPENDENTE BAHIA 2004

Terceiro. Terceiro lugar. Aaaah, tá bom demais! Com o corpo mole que a gente faz porra aqui, até que tá beleuza. Bom, mesmo atrasadinho, seguem os resultados do Prêmio Rock Independente Bahia 2004, no release escrito pelo companheiro rockloquista e chapa Luciano Mattos, um dos organizadores da premiação:

Surpresas, confirmações de favoritismo, bicampeonatos, viradas, polêmicas. Foi mais ou menos nesse clima que se chegou ao resultado do II Prêmio Rock Independente ? Bahia, premiando os melhores do cenário independente baiano no ano de 2004. Partindo de uma iniciativa dos sites Bahiarock, El Cabong, Discoteca Narcisista e Claque, estão sendo agora divulgados os vencedores da segunda edição. Esse ano o homenageado foi o guitarrista Emerson Borel ? ex-Úteros em Fúria e diversas outras bandas ? que faleceu no ano passado.

Uma das novidades dessa edição foi a escolha dos indicados a cada uma das categorias por personalidades do meio, desde músicos e produtores até jornalistas e profissionais de rádio. Na pré-seleção, cada um escolheu até cinco nomes por categoria. Os cinco mais votados foram para votação pública que foi realizada durante dois meses através da internet e em cédulas espalhadas por alguns lugares da cidade. Foram cerca de mil eleitores no total. Novidade também este ano para a inclusão de novas categorias, como Bandas do Interior, um estímulo para as bandas de fora da capital, grande parte ainda desconhecida da maioria do público.

Na principal categoria um empate. Duas bandas que realmente se destacaram no ano, fazendo muitos shows e participando de festivais fora da Bahia. Ronei Jorge & Os Ladrões de Bicicleta e The Honkers obtiveram cada banda 24% dos votos, dividindo a primeira colocação. Em seguida, aparece a Cascadura com 19%, que mesmo morando em São Paulo ainda é muito bem recebida em terras baianas e não poderia ser por menos, graças ao excelente trabalho que vem realizando.

Por seus shows memoráveis e performances explosivas a The Honkers levou também o prêmio de melhor banda ao vivo, com 35% dos votos. Em segundo lugar, vem Ronei Jorge e Os Ladrões de Bicicleta, com 28% dos votos, seguido dos Retrofoguetes, campeã no ano passado, com 20%.

A tosqueira hilária da banda Cissa Guimarães foi uma das grandes surpresas vencendo com 24% na categoria Revelação, deixando para trás, com pouca margem, é verdade, os novatos experientes da Sangria com 22%. Empatados em terceiro ficaram o indie rock da Little Bell for Sing e o rock da Theatro de Séraphin, com 20% cada.

Uma das principais bandas baianas, os Retrofoguetes, não foi esquecida no Prêmio 2004, e venceu com o melhor CD. Mesmo lançado no finalzinho do ano, ?Ativar Retrofoguetes? conquistou 32% de votos. Em segundo lugar, colado, ?Vivendo em Grande Estilo? da Cascadura com 31% da preferência.

Ronei Jorge e Os Ladrões de Bicicleta venceram também na categoria melhor EP, com ?A Dois? que obteve 40% dos votos, deixando em segundo lugar outro trabalho dos Retrofoguetes, ?O Natal dos Retrofoguetes?, com 24%.

Boa disputa na nova e interessante categoria de bandas do interior, a briga entre grupos de Dias D´Ávila, Lauro de Freitas, Vitória da Conquista terminou com o indie rock oitentista da Declinium de Dias D´Ávila como vencedor, com 27% dos votos. Seguido de perto pela Ácaros I.P.A de Lauro de Freitas, com 24%, e da Ardefeto, de Vitória da Conquista, com 20%.

Mais uma vez, barbada na categoria Melhor Banda Visitante, com o grupo carioca Autoramas ganhando com boa margem de diferença. Eles conquistaram 42% dos votos, enquanto o segundo lugar, os paulistas da Forgotten Boys, ficaram com 27%.

A Big Bross records repetiu a façanha do ano passado e ganhou com facilidade, com 48% da preferência, seguida (e com a mesma seqüência do ano passado) pela Frangote Discos, Maniac Records e Estopim. A novata Divino Tape, apesar de apenas um lançamento, também não deixou de ser lembrada.

Podem reclamar do tamanho, do calor, mas o Calypso é imbatível. A cara do rock em Salvador, o bar venceu pela segunda vez na categoria espaço para show com 45% dos votos. Esse ano o Tapioca apareceu como novidade em segundo lugar, com 20% e o tradicional Idearium em terceiro com 16%.

Mais um que venceu pela segunda vez foi o site Bahiarock, que este ano está completando três anos. Foi a maior lavada do prêmio, conquistando 61% dos votos na categoria Jornal/ Internet, enquanto atrás, praticamente empatados apareceram o Caderno Dez (do Jornal A Tarde), com 11% e empatados de fato os blogs el Cabong e Rock Loco, com 10% cada.

Outro bicampeão foi o programa Curto Circuito (Transamérica FM), que ficou com 27%, na categoria Veículo de Rádio e TV. Vitória apertada sobre o segundo colocado, o programa televisivo da TVE Soterópolis, que ficou com 26%. Logo atrás o programa independente Rock Loco (da comunitária Primavera FM) com 21%.

Mais um resultado que repete o do ano passado foi na categoria melhor Loja. A São Rock repetiu a vitória conseguindo 51% dos votos este ano, sem dúvida devido a seu acervo de discos locais, nacionais e internacionais e por promover shows e eventos em suas dependências. Em segundo lugar aparece a Berinjela com 23%, que nem é propriamente uma loja de discos, mas um sebo, mas também promove freqüentes shows com bandas locais.

Falando em shows, o mais votado evento do ano de 2004 reuniu a estrela do rock baiano Pitty e alguns dos nomes independentes votados no Prêmio.O Admirável Rock Novo foi realizado na Concha Acústica e obteve 41% dos votos. Em seguida apareceu as Matinês da São Rock, shows que a loja realizou nas tardes de sábado. Obteve 22% dos votos. A boa surpresa do terceiro lugar mostra como o rock no interior do estado vem se consolidando: o Conquista Rock Festival, em Vitória da Conquista, alcançou 18% dos votos.

A segunda edição do Prêmio Rock Independente Bahia mostrou um aumento na participação do público, confirmando uma tendência nacional de fortalecimento da cena independente. Mais do que propriamente estimular uma competição saudável e oferecer reconhecimento às bandas, lojas, selos e veículos de comunicação que, segundo o público, vem mostrando serviço e fazendo um pouco mais para o rock baiano, o Prêmio serviu para ajudar a impulsionar a ?cena?, que apesar de crescente, ainda tem muito que se expandir.

Agradecimentos à comissão de jurados da pré-seleção, e principalmente àqueles que, através de cada voto, ajudaram a tornar esse prêmio possível. Parabéns a todos os indicados e não-indicados pelo trabalho. Ano que vem tem mais.

RESULTADOS
Bandas
The Honkers: 24%
Ronei Jorge e os Ladrões de Bicicleta: 24%
Cascadura: 19%
Los Canos: 18%
Retrofoguetes: 15%

Banda ao Vivo
The Honkers: 35%
Ronei Jorge e os Ladrões de Bicicleta: 28%
Retrofoguetes: 20%
Nancyta e os Grazzers: 13%
Sangria: 4%

Revelação
Cissa Guimarães: 24%
Sangria: 22%
Little Bell for Sing: 20%
Teatro de Seraphin: 20%
A Sangue Frio: 14%

CD
Ativar Retrofoguetes - Retrofoguetes: 32%
Vivendo em Grande Estilo - Cascadura: 31%
Basquete - Cissa Gumarães: 16%
Histórias sem Meio, Começo e Fim - Brinde: 14%
Macaca - Guizzzmo: 7%

EP
A Dois - Ronei Jorge e os Ladrões de Bicicleta: 40%
O Natal do Retrofoguetes - Retrofoguetes: 24%
Tudo que Você me Disse - A Grande Abóbora: 15%
Dentro de Você - Vinil69: 11%
Sangria - Sangria: 10%

Banda do Interior
Declinium: 27%
Ácaros I.P.A: 24%
Ardefeto: 20%
A Fábrica: 17%
Reason: 12%

Banda visitante:
Autoramas: 42%
Forgotten Boys: 27%
Pelvs: 11%
Marco Butcher: 10%
Vamoz: 10%
Selo
Bigbross: 48%
Frangote: 20%
Maniac: 15%
Estopim: 12%
Divino Tape: 5%

Espaço para Shows
Calypso: 45%
Tapioca: 20%
Idearium: 16%
Clube de Engenharia (Pop Dance): 10%
Tangolomango: 9%

Imprensa
Bahia Rock: 61%
Dez!: 11%
el Cabong 10%
blog Rock Loco: 10%
Claque: 8%

Veículo
Curto Circuito: 27%
Soterópolis: 26%
Rock Loco: 21%
Punkada: 18%
Todos os Tons: 8%

Loja
São Rock: 51%
Berinjela: 23%
Maniac: 11%
Pérola Negra: 9%
Ajuda 39: 6%

Eventos
Admirável Rock Novo: 41%
Matinês da São Rock: 22%
Conquista Rock Festival: 18%
Big Hits: 13%
Soterock: 6%

Os resultados completos podem ser conferidos também no endereço:
http://premiorockba.v10.com.br/Visite o site do Nordeste Independente: http://nordesteindependente.oktiva.net Para se inscrever mande mail paranordeste-independente-subscribe@yahoogroups.com Para sair mande mail paranordeste-independente-unsubscribe@yahoogroups.com Qualquer dúvida: lubmatos@pop.com.br

11 comentários:

Franchico disse...

só pra constar: o próximo que vir falar de Armandinho aqui nessa porra vai tomar bifa! falem da porra do prêmio, caralho!
(e desculpem o mau jeito.)

Anônimo disse...

Francamente! The Honkers e Cissa Guimarães ganharem qualquer prêmio que seja dá uma idéia bem clara do nível da mentalidade dos roqueiros da cidade. Desse jeito vai ser complicadissimo o rock alcançar um outro patamar aqui na Bahia.
Adilson Teixeira

daniel disse...

a coisa funciona assim: se não consegue fazer rock de verdade, faz caricatura de roquenrou e todos riem e voltam pra casa felizes, com os clichês requentados. é triste...

Franchico disse...

é isso aí, galera. opiniões claras, diretas e assinadas. vamo continuar, que o debate é pertinente. do meu lado, eu acho que o rock é tb, diversão, coisa que os Honkers, que já vi ao vivo pelo menos, dá de sobra à sua audiência. será q isso não devia ser levado em consideração tb não? rock levado a sério demais fica chato. vira progressivo pentelho. claro que tosquidão tb tem limite, senão até eu teria banda. e aí? como se reolve esse dilema?

Anônimo disse...

Miguel Cordeiro
Esse negócio de votação prá ver quem é o melhor em rock sempre soou meio ridículo. Basta checar essas mesmas listinhas de 10 ou mais anos atrás. Geralmente as bandas que eram as "melhores" se perderam no caminho ou se mostraram bandas desimportantes com o tempo. Rock, além de talento, antes de mais nada, sempre foi diversão mas não é só por ser diversão que aquilo vai ser sempre rock, mesmo tendo o estereótipo de rock. Guitarras distorcidas, rosto imberbe, bagunça generalizada e piadinhas infames estão no conceito de rock mas será que este universo de "eleitores" já ouviram falar ou se interessaram em saber quem é leonard cohen, patti smith, birthday party, interpol, humble pie, nicky hopkins, charly patton, undertones, j j cale? Isto não é um veredito é só uma provocação.

osvaldo disse...

Porra Miguel vc tb vem com artilharia pesada.Outro dia foi Claudio com Thin Lizzy.Mas acho natural que a garotada tenha novos idolos, foi assim com a gente tambem, a renovação e a contestação do status quo estão na essencia da cultura pop, mesmo que tudo não passe de ilusão, mas pelo menos durante este periodo da vida é(era) o nosso combustivel.Agora é impressão minha ou vc tá com fixação no Undertones?

Marcos Rodrigues disse...

Pô, Undertones! Da célebre 'Uncle Joe', que o Camisa de Vênus transpôs por essas plagas como 'Meu primo Zé'. Não é uma fixação ruim. Abç.

osvaldo disse...

Marcos, acho que Primo Zé foi, digamos, apropriada pelo Camisa a partir da canção Perfect Cousin do album Hypnotised, alias chamavam o Undertones de Ramones irlandês(?!).

marcos disse...

Correto, Osvaldo. Vacilei. No primeiro compacto, aquele dentro da camisinha, além de 'Perfect Cousin', havia também a, digamos, homenagem ao The Clash em 'Controle Total'.

Anônimo disse...

Still Little Fingers (também irlandês) também era legal
Cláudio

Anônimo disse...

Loinho, baterista do grupo Cissa Guimarães:

Gostaria de aproveitar este nobre espaço,neste belo blog q leio regularmente e sempre me presenteia com idéias pertinentes, para agradecer a manifestação de apoio e de carinho por parte do colega no comentário anterior. Ficamos muito felizes com este tipo de reconhecimento, muito obrigado. Acredito que enganamos um bom numero de pessoas, e isso é muito gostoso. Roqueiro é tudo besta mesmo, pegadinha do mallandro. Concordo com você. Porém aproveito para deixar claro q nem de rock gostamos, nem sei o q é isso. Não queremos participar disso, nem veicular nosso nome a esse movimento musical. O rock prejudica as pessoas, cria dificuldade pra arrumar emprego. Eu gosto de música caipira, Léo Canhoto e Robertinho, isso sim q é música.