terça-feira, abril 22, 2014

RETRO_VISOR INVADE PRAÇAS DA CIDADE. SEXTA É NO PELÔ

Retro_Visor no "glorioso Largo de Roma" (Thanx Sputter). Foto: Carla Galrão
Da última vez que a banda instrumental Retro_Visor apareceu nesta coluna neste blog (em novembro de 2011), ela era uma novata no cenário e tinha apenas três integrantes.

Agora ela volta maior e mais experiente.

Liderada pelo vibrafonista Antenor Cardoso, o antigo trio virou quinteto com os músicos Ângelo Medrado (bateria), Raul Pitanga (percussão) e Gil Meireles (baixo) integrando a  nova formação.

“Pois é, estamos sempre em busca de novas sonoridades”, diz Antenor.

Fiel ao lema “Olhar para frente, sem apego ao passado”, a banda tenta fazer música sem fronteira de gênero.

“O vibrafone é um instrumento que parece um piano. Como tenho uma parceria antiga com Raul, que faz uma percussão muito rica, chamamos o baixo acústico de Gil, o que deu todo um novo colorido no nosso som, que tem um pouco de rock, um pouco de jazz, um pouco de  samba”, detalha o músico.

Entre os quilombolas

Recentemente, o quinteto foi aprovado pelo Edital Arte em Toda Parte da Fundação Gregório de Matos (patrocínio da Prefeitura Municipal), através do qual tem levado seu show a algumas praças da cidade e Região Metropolitana.

“Este é um trabalho super desafiador, ir para uma praça com vibrafone e baixolão. O que tivesse que acontecer, vai acontecer”, observa Antenor.

Ao todo, a banda se apresenta em sete praças. Já tocaram no Largo de Roma, em Piatã e no dia do aniversário da cidade o show foi na Praça de Porto dos Cavalos, na Ilha de Maré.

“Isso foi uma espécie de ápice para nós, levar nosso som tão especifico para a comunidade quilombola de Porto dos Cavalos. Aquilo lá é  uma outra realidade, não passa carro nem nada. Foi uma experiência muito rica”, conta.

“A plateia é itinerante. As pessoas passam e quando veem o vibrafone e ficam encantadas. ‘O que é isso, que instrumento é esse’ e tal”, diverte-se.

Além do show nesta sexta-feira, no Largo Pedro Archanjo, há apresentações previstas na Estação da Lapa, Estação de Transbordo do Iguatemi, Praça da Igreja do Bonfim.

“Lugares aonde o ruído vence tudo. Vamos lá tentar quebrar um pouco essa ditadura da poluição sonora”, avisa.

Formado por músicos de formação acadêmica oriundos da Escola de Música da Ufba, o Retro_Visor recebe no palco, nesta sexta-feira no Pelô, Tuzé de Abreu e o trio Laia Gaiatta.

Retro_Visor no Pelô / Sexta-feira 20 horas / Largo Pedro Archanjo, Pelourinho / gratuito



NUETAS

Obituary sexta-feira

Banda muito influente do cenário death metal mundial, a norte-americana Obituary se apresenta em Salvador nesta sexta-feira, com as instituições locais Headhunter DC e Malefactor. Imperdível para quem é do ramo. Bali Beach Club, 21 horas, R$ 70 (1º lote), R$ 80 (2º lote), R$ 90 (na porta).

Tiago Iorc no Teatro Isba

Ídolo de mocinhas supostamente descoladas, o cantor carioca de indie pop Tiago Iorc faz show tipo voz & violão em Salvador divulgando Zeski, seu último CD. Sexta-feira, 21 horas, Teatro Isba, R$ 80 e R$ 40.

Tabuleiro de graça

A banda Tabuleiro Musiquim lança seu primeiro CD, Imbigo (baixe aqui), com show no Largo Tereza Batista. 21 horas, grátis.

5 comentários:

Rodrigo Sputter disse...

sempre tive vontade de fazer essa zorra pelas praças de Salvador...o Coletivo Nas Ruas faz isso, mas no Red River, mas sei que gostariam de fazer isso pela cidade toda, mas como fazem na cara e na coragem, fica difícil até de conseguir autorização pra tocar...que massa o Obtuary tocar aqui...e caro esse show do menino dos olhas das meninas indies não?

Rodrigo Sputter disse...

e a foto foi tirada no meu glorioso Largo de Roma...mas eu num tava por aí no dia...senão eu ia...

Mirdad disse...

Chicão e demais confrades rockloquistas, novo EP da Orange Poem no ar, com Rodrigo Pinheiro (ex-Besouros do Sertão) no vocal: https://soundcloud.com/theorangepoem/sets/ep-unquiet-2014

Franchico disse...

Menino Mirdad, me passei.

Na outra terça, sem falta!

Mirdad disse...

Tranks, Chicorovsky, tamo aí! Um salve pra Brahms, que fez niver ontem!