segunda-feira, outubro 13, 2008

RESCALDO BOOMBAHIA 2008 - PARTE 1

Detonação
Parecia combinado: todas as bandas estavam na pilha de arrasar. Organização também foi show à parte

Sucesso total – pelo menos até agora – a edição 2008 do festival Boombahia.

Depois de uma animada abertura no pátio do Icba, na sexta-feira, com debates e shows de Matiz e Alex Pochat, o Largo Teresa Batista ficou lotado no sábado e domingo para as apresentações das bandas locais e de fora do estado.

No sábado, a Vivendo do Ócio confirmou a moral alta, sendo elogiada de forma unânime por todos que viram sua apresentação.

Os Culpados também mandaram bem e fizeram um show no talo, apesar de as composições ainda não entusiasmarem muito.

Já a Lúmpen deixou todos embasbacados com o peso e a energia do seu hardcore old school, sem firulas nem franjinhas.

Os Irmãos da Bailarina e a Lou demonstraram segurança no palco e vêm evoluindo a cada apresentação, mas ainda precisam arredondar mais o som e aparar arestas.

A Theatro de Seraphin fez mais um show intenso e febril, com o guitarrista César Vieira caprichando nos efeitos e dissonâncias.

A Sweet Fanny Adams trouxe de Recife seu som francamente strokiano e agradou aos adeptos com um show bastante correto.

Já a Retrofoguetes – vamos admitir – passou que nem um rolo compressor, varrendo uma platéia 100% enlouquecida. Lindo.

Ao circular pelo local, topava-se fácil com figuras importantes como Paulo André (Abril Pro Rock-PE), Anderson Foca (DoSol-RN) e Ivan Ferraro (Feira da Música-CE), todos felizes e assistindo aos shows atentamente.

“Adoro vir no festival dos outros, por que não preciso me preocupar com nada“, admitiu um simpático Paulo André.

“Quero levar os Retrofoguetes de novo. Acho também que a Lou evoluiu bastante. Pena que perdi a Vivendo do Ócio. Meu curador do APR, Bruno Nogueira, que tá ali filmando tudo, já tinha me falado deles. Eu acho legal a proposta de fazer um rock atual, como a Sweet Fanny Adams“, disse.

No domingo, a festa continuou em alta rotação, com Estrada Perdida, Yun-Fat, Curumin e Ronei Jorge & Os Ladrões de Bicicleta agradando geral.

A Subaquático surpreendeu, enquanto Berlinda, Starla e Declinium fizeram seu dever de casa direitinho.

Relatos também dão conta que o mesmo Paulo André também pirou a batatinha no show da Estrada Perdida, o que é meio caminho andado para Recife em 2009...

Taí um festival que cumpre a sua função.

O POVÃO QUER ROCK

É preciso que eventos gratuitos como o Boombahia, Palco do Rock e Arena 1 aconteçam cada vez com mais regularidade (e qualidade, claro), para que pessoas que normalmente não têm grana para pagar um ingresso na Boomerangue ou Groove Bar tenham acesso às formas realmente alternativas de cultura.

No Largo Teresa Batista, o que se viu foi uma verdadeira salada de públicos, com o chamado “núcleo do Rio Vermelho“ convivendo em total harmonia com a garotada dos bairros periféricos, que compareceu em massa ao Boombahia, algo que só evidencia a carência de opções de uma parcela grande da juventude.


Bastava ver a felicidade nos olhos de quem trazia seu livrinho da oitava série para trocar por um ingresso para o Mudhoney na quarta.

Tinha gente que saía gritando, agitando o ingresso no ar, como um troféu.

O organizador Messias Guimarães Bandeira, que está bancando o cachê dos gringos do próprio bolso, já tem garantido seu lugarzinho no céu só por isso.

Parabéns também à equipe que trabalhou nos bastidores e fez a troca da bandas funcionar sem atrasos. E claro, ao Pelourinho Cultural, pela força.

4 comentários:

ana carol disse...

concordo plenamente! o Messias é um anjo, e digo mais, tomara que ele ainda permaneça muitos e muitos anos conosco, mas ele merece ser canonizado como são rock da bahia \o/

estou feliz demais, parece um sonho saber que mudhoney vai tocar aqui, e acho que depois que eles tocarem é aí que eu não desperto mesmo!

felizmente eu consegui trocar meu ingresso no sábado, mas tenho uma amiga que tá afim de ir e não conseguiu, será que rola de ela conseguir lá no dia?

Franchico disse...

Oi, Ana Carol. Vc pode tirar todas as suas dúvidas sobre troca de ingressos lendo o último post do blog do Boombahia, aqui:

http://www.boombahia.com.br/blog/

Valeu? Volte sempre!

Franchico disse...

Galera do mal, tá rolando uma entrevista que fiz com Mark Arm e Guy Maddison, do Mudhoney, ontem no hotel. Tá na capa do Cad2 de hoje e também no On Line.

Se liguem aí:

http://www.atarde.com.br/cultura/noticia.jsf;jsessionid=9D4FAD88278DFAE703112519298D0E05.jbossdube1?id=984828

RAMON(ES) disse...

Fala Franchico

Tentei te mandar um e-mail agora para o yahoo, mas retornou. Mandei tb para esse do rock loco, não sei se é vc que o acessa.

Bom, o assunto era sobre uma colaboração de matérias publicadas no blog Rock Loco no BahiaRock.

Me manda um e-mail depois ramonprates@gmail.com