sábado, agosto 23, 2008

ESCRITORES ABREM O PORTAL PARA OUTRAS DIMENSÕES

Coletânea de contos de ficção científica em revista semestral tem sessão de autógrafos hoje em Salvador

Apreciadores de ficção científica têm um encontro marcado hoje em Salvador. Seja em naves espaciais ou via teletransporte, o caminho é a Livraria LDM (Rua Direita da Piedade), onde se dará o lançamento da revista Portal Solaris, uma bem-cuidada antologia nacional de contos de FC, que conta com dois autores baianos: Carlos Ribeiro e Mayrant Gallo.

Organizada pelo escritor Nélson de Oliveira, a revista Portal tem no seu projeto inicial a tarefa de se estabelecer e apresentar seu projeto em seis números semestrais.

A maior parte da tiragem de apenas 200 exemplares será distribuída para imprensa e comunidade editorial – escritores, editores etc. Na Bahia, apenas vinte exemplares estarão disponíveis para venda ao público. Espera-se que todos sejam vendidos durante o lançamento.

A cada número, a Portal homenageará – e dialogará com – um clássico do gênero em que milita, incorporando em seu nome o título da obra em questão. O primeiro número homenageia o épico Solaris, do russo Stanislaw Lem – levado às telas em duas ocasiões: em 2002, com direção de Steven Soderbergh e em 1972, por Andrei Tarkovski.

As próximas edições homenagearão Neuromancer (de William Gibson), Stalker (outro filme de Tarkovski, desta vez baseado no livro Roadside Picnic, dos irmãos Boris e Arkady Strugatsky), Fundação (de Isaac Asimov), 2001 (a icônica obra de Arthur C. Clarke) e Fahrenheit (de Ray Bradbury).

ALEPH – “Cada Portal é um organismo cibernético multidimensional, sem forma ou conteúdos definidos, acionado pela fantasia e pelos desejos de quem o utiliza. Juntos, os seis portais funcionam como o aleph do célebre conto de Jorge Luis Borges. Juntos, os seis portais formam o ponto de onde é possível enxergar todos os pontos o universo. Ou ser por eles enxergado“, provoca Oliveira, no divertido texto de apresentação do volume.

Despido do traje de viajante estelar e de volta à Terra, Oliveira explicitou por email que, na verdade, sua intenção com a revista é “ter uma publicação de altíssima qualidade literária, que vire referência entre os escritores e os estudiosos de FC e também entre escritores e estudiosos. Ou seja, planejamos uma revista para a inteligentzia, que vire um marco na FC nacional e na literatura em geral“.

Se as pretensões do escritor serão ou não alcançadas, só o tempo dirá. Como ainda não se dispõe de uma máquina do tempo, vale assinalar que a revista começou bem, com 11 escritores de certo renome orbitando com desenvoltura em contos abordando temas canônicos da FC, como novas tecnologias, viagens no tempo, ciberespaço, telepatia, contatos imediatos do terceiro grau, pós-apocalipse, pós-humano, utopias e distopias.

Os escritores selecionados, além de Oliveira e dos baianos citados, são: Ataíde Tartari, Carlos Emílio C. Lima, Geraldo Lima, Homero Gomes, Ivan Hegenberg, Luiz Bras, Roberto de Sousa Causo e Rogers Silva.

No ótimo conto de Mayrant, A Nova Ordem das Coisas, o leitor acompanha as férias de uma família numa ilha paradisíaca e seu estranho relacionamento com um caseiro um tanto suspeito.

Já no intrigante conto de Ribeiro, O Fugitivo dos Sonhos, um homem busca se vingar de outro que tem o poder de trafegar na matéria onírica, pulando de sonho em sonho alheio.

Lançamento de portal Solaris e dos livros A Origem do Ocidente – A Antiguidade Grega no Jovem Nietzsche e A Morte | Sessões de autógrafos simultâneas com os autores | Hoje, das 10 às 14 horas | LDM – Livraria Multicampi (2101-8007) | Rua Direita da Piedade, 20, Piedade | Entrada gratuita

Portal Solaris
Vários Autores
Independente
106 p. | R$ 15
oliveira.e.cia@uol.com.br

2 comentários:

Sinvaldo Júnior disse...

errata: na verdade eu ñ participei da antologia. quem participou foi rogers silva, também de uberlândia-mg.

Franchico disse...

Opa, foi mal, aí, Sinvaldo. Vou corrigir, oquei? Valeu pela dica e volte sempre!