segunda-feira, dezembro 03, 2007

RESISTÊNCIA ROCKER NAS AREIAS DE PIATÃ

Extinção do Palco do Rock teria sido aventada em reunião do Conselho do Carnaval, mas Emtursa nega ter a intenção de acabar com o evento

Todo ano é a mesma agonia. O Palco do Rock, criado e organizado pela Associação Cultural Clube do Rock (ACCR), e que acontece desde 1994 no coqueiral de Piatã durante o Carnaval, agoniza com falta de verba, equipamentos precários e ameaças de cancelamento.

Na semana passada, a entidade organizadora procurou os meios de comunicação para denunciar que a Emtursa, órgão da prefeitura que organiza o Carnaval, estaria cogitando acabar de vez com a festa do pessoal das camisas pretas.

Segundo o Clube do Rock, no último dia 13 de novembro, foi realizada mais uma reunião semanal do chamado Conselho do Carnaval. Durante a reunião, o diretor de Eventos e Festas Populares da Emtursa, Paulo Roberto Carvalho, teria proposto a extinção do Palco do Rock. A reportagem buscou falar com a Emtursa para apurar o que de fato houve.

Esbarrou na assessoria de imprensa do órgão, que afirmou com veemência que essa proposta não está em discussão, e portanto, ninguém se pronunciaria a respeito. A assessoria admitiu que a proposta "pode ter acontecido" durante a reunião, mas que ela não entrou na pauta, portanto, não existe essa possibilidade de dar um fim no P.d.R..

Sandra de Cássia, presidente do Clube do Rock, conta que essa informação lhe foi passada pelo Diretor Executivo do Sindicato dos Músicos da Bahia, Sidney Zapatta. Ele teria inclusive solicitado uma cópia da ata da reunião, onde estaria registrada a proposta de Paulo Roberto, mas esta lhe foi negada.

Bem ou mal, o fato é que a Emtursa nega querer acabar com o P.d.R., o que tranquilizou, pelo menos por enquanto, a comissão organizadora do evento.

"A verdade é que a Emtursa não quer que a gente cite para os meios de comunicação as falhas da organização do Carnaval, especialmente as que acontecem longe do circuito, nos palcos de bairro, que são enormes", afirma Sandra.

Ela ainda reclama que há mais de uma década, o recurso para pagar o cachê das bandas foi cortado.

"Só recebemos um mínimo para operacionalizar o evento. As bandas tocam de graça. O estranho é que isso só acontece no Palco do Rock. No palco do hip hop, que só surgiu em 2007, todo mundo que sobe ganha cachê, assim como em todos os palcos de bairro. Por que só o do rock não tem direito? Que democracia é essa? Aonde está a tão propalada diversidade do Carnaval baiano? Isso é uma imensa farsa!", esbravejou.

Até 8 mil pessoas /dia comparecem no Palco do Rock, armado no Coqueiral de Piatã desde 1994. Apesar de polêmico e de dividir opiniões mesmo no meio rocker local, ele cumpre seu papel.

Sandra explica que o interesse em manter o Palco do Rock não se deve apenas a ter quatro dias de shows grátis para agradar aos apreciadores, mas também em "criar e sedimentar um mercado de trabalho para todos esses músicos que têm um público sufocado o ano inteiro. Mas até os equipamentos que nos cabem são os piores possíveis, em péssimo estado de conservação. Mas nós não arredamos pé e vamos continuar batalhando por esse espaço, até para garantir uma real diversidade", concluiu.

GRADE - O Palco do Rock divulgou também alguns nomes selecionados para 2008: The Honkers, Vandex, Jazz Rock Quartet, Intra, Aluga-se, Pastel de Miolos, Theo & Os Irmãos da Bailarina, Canibal Brasil, Ulo Selvagem, Dimensões Distorcidas e Desrroche. Em breve, sai a lista completa.

7 comentários:

osvaldo disse...

a accr devia negociar com a prefeitura para o palco ser tornar um festival fora da epoca do carnaval.sugestão de data , no dia do aniversario de raul seixas. assim marcaria a importancia de raul pra cidade e de cara ja teria um apelo nacional.

M. Rodrigues disse...

Minha velha vó (que Deus a tenha) já dizia: quem com porcos anda farelo come. O irônico nisso tudo que é nem tem mais carlismo pra por a culpa.

Na boa, a ACCR só presta deserviço a quem faz rock por aqui, caricaturando tudo. Eu não faço parte da turma de 'camisetas pretas'. De folclore por aqui já basta todo o resto.

Franciel disse...

A culpa é de Zezão!

Franchico disse...

Brama, Cebola, Miguel, Nei e cia: comecem a guardar uns trocados, pois o homem vem aí:

Bob Dylan no Brasil em março, diz jornal

http://igpop.ig.com.br/externo/2007/12/03/bob_dylan_vem_ao_brasil_em_marco_de_2008_diz_jornal_1104095.html

osvaldo disse...

A culpa de Zezão tem que ser apurada pelo tribunal de inquisição do rock ! Aos infiés a fogeira de cartazes daquela musica do Theatro De Serafim.

Franchico disse...

A Hoje Você Morre, banda de hardcore do companheiro Jera Cravo, divulga seu primeiro clipe:

"Pessoal,

Segue link do primeiro vídeo clipe da banda Hoje Você Morre, música Mensagem de Despedida.

http://www.youtube.com/watch?v=k6RSfdgzsuI

Grato."

Ainda não vi, mas minha filha viu e me disse que é muito bom.

Franchico disse...

Para quem curte:

As histórias do Clube da Esquina estão no gibi

http://www.universohq.com/quadrinhos/2007/n05122007_06.cfm