quinta-feira, dezembro 06, 2007

METENDO O PÉ NA PORTA DE NOVO, NA RAÇA!

Quase dez anos depois, o festival Boom Bahia retorna à cena em grande estilo, com o melhor da música e da cultura alternativa em dois dias no Pelourinho, de graça

Salvador, essa madrasta malvada para os filhos que ousam pensar diferente, não merece, mas mesmo assim, vai abrigar amanhã e depois, bem no seu coração (o Pelourinho), uma nobre - e porque não dizer, ousada - iniciativa: a retomada definitiva do circuito underground, com a volta do festival Boom Bahia.

A ousadia fica por conta do seu idelizador e organizador, o professor doutor em comunicação (e rock, claro) Messias Guimarães Bandeira, o Messias GB da antológica – e infelizmente, extinta – banda brincando de deus. De aparência frágil, mas com idéias poderosas na cabeça e nenhum medo no coração, Messias está bancando o festival do próprio bolso.

É isso mesmo: ele não conta com patrocinadores ou leis de incentivo. Apenas seus muitos amigos, funcionários de confiança e a enorme vontade de agitar o viciado cenário da cultura local.

"Nosso plano é bem simples: primeiro dominamos o mundo, depois a gente vê o que faz", brinca Messias em entrevista por telefone, apesar da correria e do stress em que uma empreitada desse porte fatalmente incorre. "Eu acho que se não for agora, será da próxima vez", acrescenta.

Ele idealizou e realizou a primeira edição do Boom Bahia em 1997, com as bandas Dois Sapos e Meio, Penélope, brincando de deus, Cascadura e Dead Billies. No ano seguinte, adicionou ao elenco local boas bandas de fora, como Pavilhão 9 e mundo livre s.a. Nas duas edições, conseguiu chamar atenção para a cena local, inclusive de veículos do eixão Rio/SP.

Nesta retomada, o Boom Bahia conseguiu montar um painel bem significativo do circuito alternativo atual: às consolidadas Cascadura, Retrofoguetes e Ronei Jorge & Os Ladrões de Bicicleta e Rebeca Matta, somam-se ainda os talentos de Alex Pochat, Berlinda, Theatro de Seraphin e Pessoas Invisíveis. Correndo por fora, os azarões ainda pouco conhecidos Tágua e Subaquático podem surpreender.

Das três atrações que Messias conseguiu trazer de fora, o destaque, sem dúvida, fica para o ídolo gaúcho Wander Wildner, bardo supremo do punk brega. Desta vez acompanhado da baixista e da baterista da lendária banda punk paulista Mercenárias (!), Wander desfiará seu longo rosário de sucessos do undeground, como Eu Tenho Uma Camiseta Escrita Eu Te Amo, Lugar do Caralho, Bebendo Vinho e muitas outras que serão cantadas em coro pelo seu fiel - e cada vez mais numeroso - público baiano.

A sergipana Snooze também deverá fazer um showzaço. Seu último CD, auto-intitulado e lançado pela Monstro Discos, é um primoroso exercício de criatividade sem amarras na linha do indie rock clássico que a banda segue já há mais de uma década. A cearense Montage é um bom chamariz para a moçada hypada e/ou fashion (perdão pelas más palavras) com seu electro punk poser e de sexualidade ambígua escancarada.

"A missão do Boom Bahia é a mesma de 10 anos atrás: registrar o momento atual da produção independente e colocar Salvador no roteiro nacional desses eventos", explica Messias. O Boom Bahia já está associado à Abrafin, Associação Brasileira de Festivais Independentes, "apesar de ser praticamente um ano zero de novo", observa.

"O Boom celebra o momento atual. Fazer música independente em 2007 é bem diferente do que em 1997, com a internet e o baratamento das tecnologias", conclui.

Boom Bahia
Sábado e domingo
Com Montage, Rebeca Matta, Cascadura e outros (sábado)
Com Wander Wildner, Retrofoguetes, Ronei Jorge, Snooze e outros (domingo)
Praça Teresa Batista (Pelourinho)
DJs a partir do meio-dia, bandas a partir das 14h30
Grátis
Prioridade na entrada para quem doar um livro
Programação completa e mais informações: www.boombahia.com.br

18 comentários:

Franchico disse...

Foto dos Retrofoguetes de Felippe Thomaz, surrupiada do site Overmundo. Foto de Wander, tirada do álbum-coletânea 10 anos Bebendo Vinh0. E a imagem da Snooze foi tirada do próprio site da banda.

Matéria infelizmente bem menor do que eu gostaria. Não deu nem pra falar da Feira Hype - e detalhar o próprio festival com mais profundidade. Mas vou colocando mais coisa aqui, conforme eu for trabalhando...

osvaldo disse...

da serie "the hype never ends";

Pilates For Indie Rockers (DVD)

http://search.insound.com/search/showrelease.jsp?p=INS40599

Yara Vasku disse...

E dá-lhe cerveja!

Nei Bahia disse...

"Lugar do caralho" é de Wander Wildner?

Franchico disse...

É de Júpiter Maçã, Nei. Mas Wander gravou primeiro e popularizou a música no seu primeiro CD, Baladas Sangrentas. Tipo um ou dois anos depois é que JP gravou sua versão, a la Robertão, em A Sétima Efervescência.

Franchico disse...

Will Ferrel e Steve Carell são os grandes comediantes do momento.

Enquanto Carell é o chefe sem-noção na fantástica série The Office (todo domingo na TV Record a partir desse domingo, depois de Heroes, se não me engano), Ferrel está se especializando em comédias esportivas.

Primeiro foi Ricky Bobby - A Toda Velocidade, sobre as corridas de Nascar (inclusive tem uma cena de beijo dele com Sacha Baron Cohen - o Borat - que é o supra-sumo da infâmia).

Depois foi Escorregando Para a Glória (Blades of Glory), sobre o "glamouroso" mundo da patinação artística, onde faz pas de deux com Jon Heder (Napoleon Dynamite himself). Chegou nas locadoras essa semana. Já vi e quase me mijei de rir.

E agora vem aí Semi Pro, sobre os últimos dias da American Basketball Association, engolida nos anos 70 pela poderosa NBA. Veja as hilárias fotos do filme aqui:

http://www.omelete.com.br/cine/100009657/Semi_Pro.aspx

Mas por enquanto, o melhor da dupla Ferrel/Carell foi mesmo em O Âncora, onde quebraram tudo juntos.

Na dúvida, recomendo todos.

Franchico disse...

Estou totalmente embasbacado. Acabei de conhecer o maior nome do rock baiano, a nova banda CAPITÃO COMETO & OS FORMIDÁVEIS LADRÕES DE
PARAFINA DA TERRA DO NUNCA X-TREME.

Ouçam e vejam o clipe do seu extraordinário sucesso No Cuzinho:

http://www.machina.com.br/capcom/

Engraçadinhos...

M. Rodrigues disse...

"A cearense Montage é um bom chamariz para a moçada hypada e/ou fashion (perdão pelas más palavras) com seu electro punk poser e de sexualidade ambígua escancarada."

Essa banda ai ta' la' no Clash City Rockers, um blog não exatamente hypado e/ou fashion ;)

Franchico disse...

OPS! ;-) Mal aê!

M. Rodrigues disse...

Relax, Chico. Coloquei o post la' depois do seu :)

Franchico disse...

Vamos ficar alertas! Franciel mandou avisar! Nos dias 8,9 e 10, a Terra receberá radiação e ondas de calor perigosíssimas resultantes de uma colisão de galáxias ocorridas alguns meses atrás.

http://carmenarabela.wordpress.com/2007/12/05/colisao-cosmica-e-radiacao-terrestre-dias-89-e-10-de-dezembro-de-2007/

O blog acima aí atribui essas informações à "seres extraterrestres de várias raças, já vinham prevenindo e preparando as pessoas para o ápice da chegada dessas energia".

Recomenda-se roupas leves, óculos escuros, boné e protetor solar para quem for ao Boom Bahia desde cedo!

Brrr!...

Franchico disse...

Opa! A record adiou a estréia de The Office.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u352810.shtml

Franciel disse...

Chicovisky,
hoje mesmo já acordei meio zonzo. E nem posso botar a culpar nas substâncias não recomendadas pela Carta Magna, pois estou abstêmio.

Pretende chegar que horas lá na chibança pelourística?

Franchico disse...

Francis, uma coisa é certa: o calor está BRUTAL nos últimos dias.

Hoje eu trabalho, então só devo chegar para as considerações finais, a partir das 18 horas.

Mas no domingão meu duelo vinílico com Brama está marcado para as 13h30, então desde as 13h eu já deverei estar por lá...

E vamo tomar várias!

Franchico disse...

Baiano premiado
Vídeo ganha em Portugal e Jundiaí
A Lenda da Lagoa Vermelha, vídeo do diretor Eutímio Carvalho, foi premiado em dois festivais no mês de novembro: Prêmio do Público de 2° Melhor Filme do V Arouca International Film Festival (Portugal) e o Prêmio de Melhor Filme no 1° Festival de Vídeo Digital de Jundiaí (São Paulo). Com meia hora de duração, o vídeo conta a história de dois irmãos que saem para caçar no sertão de Cícero Dantas (interior da Bahia) e entram em sérios apuros. A história é baseada em contos populares da região. Eutímio de Carvalho produz vídeos amadores desde 1989, sendo conhecido como o “Zé do Caixão do Sertão“. O trailer do vídeo já está no iútchúbi:

http://www.youtube.com/watch?v=pucRTuTa080

Franchico disse...

Rapaz, esse filme do Speed Racer vai ser líndio!

http://www.omelete.com.br/cine/100009660/Speed_Racer.aspx

sora disse...

Hey Pessimus,

Festival foi bom, hein....??????

Sonora disse...

Gente, jornalistas sem noção esses do "blog do dez", que loucura é essa???
Coloquei um comentário e eles me censuraram!!!!

Pode..

Meu comentário não foi agressivo!!
Apenas disse que seria a primeira e ultima vez que perdia meu tempo..
Fui lah outra vez e postei o mesmo comments!!
Será que agora aceitam???