quinta-feira, agosto 02, 2007

OH, NO! THE MICRO-RESENHAS RIDES AGAIN!

O 2º CD que o Killers não fez

Os nova-iorquinos do The Bravery não foram levados muito a sério quando do lançamento do seu primeiro disco, em 2005. Foram, inclusive, acusados de ser uma armação, para aproveitar a onda de bandas revivalistas da new wave, como Killers, Franz Ferdinand e Strokes. Em seu segundo CD, auxiliados pela competente produção de Brendan O‘Brien (Neil Young, Pearl Jam, RATM), o Bravery ganhou em consistência, apresentando uma sonoridade bem mais vigorosa do que a do disco de estréia, com mais peso, guitarras e cordas. Com certeza, um disco bem melhor que o decepcionante segundo CD do Killers (Sam's Town), o qual eram acusados de copiar.

The Sun and The Moon
The Bravery
Universal

Sessão de tortura Manson style

Para ouvir Marilyn Manson, é preciso mais do que apenas gostar do - vá lá - cantor, ou mesmo de boa vontade. É necessária uma certa dose de masoquismo. Seu último CD, Eat Me, Drink Me, dá ao ouvinte uma sensação mais ou menos equivalente com a de alguém torcendo seus mamilos durante cerca de meia hora. É tortura, mesmo. A intenção era fazer um disco que falasse das dores do amor, mas os resultados são tão pálidos quanto sua patética face maquiada. Grandes obras já foram feitas sobre isso, porém, Manson não dispõe do talento para tanto. Não admira que seus maiores sucessos sempre foram covers, mesmo.

Eat Me, Drink Me
Marilyn Manson
Universal

31 comentários:

Franchico disse...

Super-hero birthday party!

http://www.youtube.com/watch?v=jbd0ZfwEfQo&mode=related&search=

Veja Homem-Aranha, Thor, Hulk, Namor, Professor Xavier e muitos outros em um animado churrasquinho a beira da piscina.

E ao som do Motley Crue!

Aviso: contém cenas de viadagem implícita. Ou algo parecido...

miwky disse...

sempre curtir o bravery, achava uma banda subestimada e tals, mas não vou mentir, estarei colada no show do killers no brasil.

baixei uns shows, coisa incrível. Vem cá, esse new wave do texto é só expressão, né?? Porque não tem nada a ver o estilo.

coragem - ronei jorge e os ladrões de bicicleta

Franchico disse...

Diga'í, Miwky! Claro que tem a ver com o texto. Strokes, Bravery, Killers, FF, TODAS essas bandas surgiram, de uma forma ou de outra, emulando o som da new wave, seja a new wave dos Talking Heads, Television, Duran Duran, Gang of Four...

Vc tem dúvidas disso? Ou vc acha que eles têm influência mesmo é do Steppenwolf?

cebola disse...

Verdade verdadeira, moço. new wave, ou pós-punk, eram os rótulos tipo saco de gatos em que todas essas bandas que influenciaram esse povo "neo-qualquer-coisa" estavam inseridas. Podemoas acrescentar como bandas fundamentais nesse processo ( mas não tão reconhecidas, apesar de evidente para mim ), o XTC, o the Jam, o Blondie, entre outras que possuem culpa genética nessa galera aí supra-citada, é só fazer o dna que aí fudeu. Mas o rock sempre foi assim, né? Graças a ( acrescente aqui a quem vc quiser dar graças ).

Franchico disse...

...e tb Devo, U2, Killing Joke, Police, Adam and The Ants, Ramon - OPA! ADAM AND THE ANTS, NÃO, NÃO, NÃÃÃÃÃÃÃÃÃRRRGH!!!!!!!!

Franchico disse...

Por falar em Blondie, no MySpace deles tem um mash-up de Rapture (hit da banda) com Riders on the storm. É, aquela mesma do The Doors.

É CLARO que virou um carnaval do gringo doido. Quem ficou curioso, ouça aqui:

http://www.myspace.com/Blondie

Franchico disse...

Mas rapaz, esse tal de She Wants Revenge é muito decalcado de Interpol (que é decalcado de... deixa pra lá).

http://www.myspace.com/shewantsrevenge

De qualquer forma, para quem curte o estilo (like me), é uma ótima pedida...

osvaldo disse...

O pos-punk, para simon reynolds por exemplo, foi um dos periodos mais ferteis do rock, comparavel aos 60, entao natural que ate hoje influencie bandas, ate porque o legado do pos-punk, devido a sua diversidade,ainda nao foi de todo digerido.fiz um post sobre isto aqui no rockloco ha um tempo atras.pra quem é interessado no assunto o ja citado reynolds fez um blog, homonimo ao livro que lançou sobre o assunto:
http://ripitupandstartagainbysimonreynolds.blogspot.com/. leitura densa e de conteudo, recomendadissimo.

osvaldo disse...

da serie duro de matar, o rock loco volta seus podcasts, em nuevo endereço, como viejos vermes de sempre. no ar na proxima semana.

Franchico disse...

UHÚ!

miwky disse...

tenho dúvida disso, chico.

não faz essas aproximações, não.

a roupagem mais pop do rock é óbvia e disso não discuto, mas como talking head??

certerza??

e esse phodcast???

bora!

Franchico disse...

Bom... se vc tem dúvida, sinto muito... mas eu tô brincando com vc.

Mas Talking Heads eu tenho certeza absoluta, bêibe!

cebola disse...

Claaaro, para eliminar dúvidas afins, recomenda-se audições seguidas de Talhing Heads 77, More songs about buildings and food, fear of music e ramain in light, só pra começar. As estruturas das composições de Franz ferdinand e quetais ( eca ) estão resolvidinhas alí. Só que agora com mais guitarras e visual "cool".

miwky disse...

convocados os dois para a tal audição que cebola propôs.

falkando em cebola, man, tem show ou não tem dia 11???

miguel cordeiro disse...

quem acompanha as fases que o rock passou e tem passado ao longo da sua história, percebe com clareza a verdadeira matriz e de onde vem cada leva destas bandas que vão surgindo.
afinal, rock, graças a cebola, é a coisa mais banal e igual do mundo. então é preciso ignorar o hype excessivo dos dias atuais, assim como os releases (escritos por picaretas) que (des)informam afirmando que o que eles estão apresentando se trata da coisa mais original do rock. e aí tem povo que come a pilha direitinho

cebola disse...

Foi mal aí, miwky, mas esse show teve de ser transferido pro dia 24, porque vou viajar, e aí fudi com tudo. Quanto à audição, estejam a vontade, os quatro vinis ( ééé, VINIS) estão aqui em casa esperando por um atrito com a agulha e ouvidos atentos!!
Oxe, miguelito, graças a mIM? Ou à um cebóla metafísico que olha por todos nós??
De qualquer forma: Que Eu esteja convosco! ( Repitam: Você está no meio de nós, HUAHUAHUA)

miwky disse...

refazer a programação de aniversário por conta disso, cebola.

então, já que vc tem os vinis, vc marca!!

osvaldo disse...

falando dos netos do pos-punk cresce (epa!) a cada audiçao o our love to admire do interpol. paul banks continua emulando ian curtis como ninguem , e as letras enigmaticas e a sonoridade joy divisiana atualizadas garantem um clima introspectivo e intenso pra caralho.gloom will never die.

Franchico disse...

As 100 (de uma lista de 500) melhores músicas de todos os tempos, segundo a Rolling Stone americana.

A notícia está aqui:
http://br.noticias.yahoo.com/s/070803/48/1mzke.html

100. You Can't Always Get What You Want, The Rolling Stones
99. Fortunate Son, Creedence Clearwater Revival
98. Love and Happiness, Al Green
97. Roll Over Beethoven, Chuck Berry
96. Great Balls of Fire, Jerry Lee Lewis
95. Blue Suede Shoes, Carl Perkins
94. Good Golly, Miss Molly, Little Richard
93. I Still Haven't Found What I'm Looking For, U2
92. Blitzkrieg Bop, Ramones
91. Suspicious Minds, Elvis Presley
90. In the Still of the Nite, The Five Satins
89. California Dreamin', The Mamas and The Papas
88. My Girl, The Temptations
87. Ring of Fire, Johnny Cash
86. Thunder Road, Bruce Springsteen
85. Crazy, Patsy Cline
84. Every Breath You Take, The Police
83. Norwegian Wood (This Bird Has Flown), The Beatles
82. You Really Got Me, The Kinks
81. Blueberry Hill, Fats Domino
80. I Heard It Through the Grapevine, Marvin Gaye
79. Mr. Tambourine Man, The Byrds
78. I Got You (I Feel Good), James Brown
77. Mystery Train, Elvis Presley
76. Strawberry Fields Forever,The Beatles
75. Whole Lotta Love, Led Zeppelin
74. Superstition, Stevie Wonder
73. Summertime Blues, Eddie Cochran
72. Papa's Got a Brand New Bag, James Brown
71. California Girls, The Beach Boys
70. Walk On By, Dionne Warwick
69. Crying, Roy Orbison
68. Tangled Up in Blue, Bob Dylan
67. Jailhouse Rock, Elvis Presley
66. Redemption Song, Bob Marley and the Wailers
65. Sunshine of Your Love, Cream
64. She Loves You, The Beatles
63. For What It's Worth, Buffalo Springfield
62. Bo Diddley, Bo Diddley
61. Whole Lotta Shakin' Goin On, Jerry Lee Lewis
60. Let's Stay Together, Al Green
59. The Times They Are A-Changin', Bob Dylan
58. Billie Jean, Michael Jackson
57. Whiter Shade of Pale, Procol Harum
56. Long Tall Sally, Little Richard
55. Louie Louie, The Kingsmen
54. When a Man Loves a Woman, Percy Sledge
53. Anarchy in the U.K., The Sex Pistols
52. When Doves Cry, Prince
51. The Message, Grandmaster Flash and the Furious Five
50. The Tracks of My Tears, Smokey Robinson and the Miracles
49. Hotel California, The Eagles
48. All Along the Watchtower, Jimi Hendrix
47. Bridge Over Troubled Water, Simon and Garfunkel
46. Heroes, David Bowie
45. Heartbreak Hotel, Elvis Presley
44. Georgia on My Mind, Ray Charles
43. Tutti-Frutti, Little Richard
42. Waterloo Sunset, The Kinks
41. The Weight, The Band
40. Dancing in the Street, Martha and the Vandellas
39. That'll Be the Day, Buddy Holly and the Crickets
38. Gimme Shelter, The Rolling Stones
37. No Woman, No Cry, Bob Marley and the Wailers
36. One, U2
35. Light My Fire, The Doors
34. You've Lost That Lovin' Feelin', The Righteous Brothers
33. River Deep - Mountain High, Ike and Tina Turner
32. Sympathy for the Devil, The Rolling Stones
31. Stairway To Heaven, Led Zeppelin
30. I Walk the Line, Johnny Cash
29. Help!, The Beatles
28. (Sittin on) the Dock of the Bay, Otis Redding
27. Layla, Derek and the Dominos
26. A Day in the Life, The Beatles
25. God Only Knows, The Beach Boys
24. People Get Ready, The Impressions
23. In My Life, The Beatles
22. Be My Baby, The Ronettes
21. Born to Run, Bruce Springsteen
20. Let It Be, The Beatles
19. Hound Dog, Elvis Presley
18. Maybellene, Chuck Berry
17. Purple Haze, Jimi Hendrix
16. I Want to Hold Your Hand, The Beatles
15. London Calling, The Clash
14. Blowin' in the Wind, Bob Dylan
13. Yesterday, The Beatles
12. A Change Is Gonna Come, Sam Cooke
11. My Generation, The Who
10. What'd I Say, Ray Charles
09. Smells Like Teen Spirit, Nirvana
08. Hey Jude, The Beatles
07. Johnny B. Goode, Chuck Berry
06. Good Vibrations, The Beach Boys
05. Respect, Aretha Franklin
04. What's Going On, Marvin Gaye
03. Imagine, John Lennon
02. Satisfaction, The Rolling Stones
01. Like a Rolling Stone, Bob Dylan

cebola disse...

qualquer lista de melhores em que Beatles só compareça em oitavo lugar está furaDA. Tenho dito.

Franchico disse...

"Imagine"? Blaaaaarrrgh!!!

cebola disse...

Chiquinho, abra o seu coração. Imagine é linda.

Franchico disse...

Keith Richards...

05/08/2007 - 21h20
Keith Richards volta a dizer que cheirou cinzas do pai
da BBC Brasil

O guitarrista Keith Richards, dos Rolling Stones, diz que cheirou as cinzas de seu pai, mas não com cocaína, como havia sido divulgado anteriormente.

O músico de 63 anos havia feito a revelação pela primeira vez em abril, mas poucos dias depois, sua empresária negou o ocorrido, dizendo que que era "brincadeira".

Mas em entrevista publicada este mês na revista britânica Mojo, Richards diz que apenas "a parte da cocaína foi bobagem".

"Eu disse que o preparei como cocaína e não com cocaína. Eu abri a caixa e disse 'tenho que fazer algo com papai'", afirmou.

"Quando tirei a tampa, um pouco de papai caiu por sobre a mesa da sala de jantar. Pensei 'não posso usar a pá de lixo aqui'. O que descobri foi que ingerir seus ancestrais é uma forma respeitosa de... você sabe, ele se foi como se fosse uma iguaria", disse ele.

O pai de Keith, Bert, morreu em 2002, aos 83 anos.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/bbc/ult272u317825.shtml

SEM COMENTÁRIOS.

Franchico disse...

Ótimo, esse texto.

http://telhadodevidro.wordpress.com/2007/06/30/palpiteiros-apocalipticos-integrados/

Resta saber se o digitador dessas linhas é apocalíptico, integrado, ou muito pelo contrário, nem uma coisa nem outra....

marcos rodrigues disse...

O texto é bom mesmo, Chico. Perspicaz, o moço.

osvaldo disse...

Muito bom o texto, Chicao. mexe com o rock snob dentro de todas nós, afinal o que seria da cultura pop sem o hype? No entanto é preciso diferenciar o hype pelo hype da curiosidade genuina.A curiosidade alem de matar o gato, é o motor da iniciativa e da ação , que quase sempre é melhor que ficar esperando de forma passiva as coisas acontecerem.

Franchico disse...

Hype é bobagem, né?

Tamo véio pra cair nessa.

Mas isso não significa que eu tb não goste de novidades. Adoro descobrir uma banda nova legal, que me faça continuar acreditando no roque.

No MySpace tá assim delas.

É só ter a cabeça e os ouvidos abertos e não cair - nem no deslumbramento do hypeiro, nem no ceticismo do rock snob, como diz Brama.

Que aliás, né por que é meu partner nesse rock loco não, mas é um exemplo de rocker com os pés fincados no chão. Com uma base profunda do que foi, conhecimento do que é agora e "visão além do alcance" do que deverá ser no futuro.

Sem bola de cristal.

Gostei do texto por que parece decifrar de forma bem clara como funcionam esses dois tipos tão comuns no universo rocker, que não precisam nem ser jornalistas especializados. Conhecemos muitos que são de uma forma ou de outra. E na verdade, todos nós carregamos conosco um pouco de cada um.

É até uma forma de manter algum equilíbrio num cenário tão caótico...

marcos rodrigues disse...

30 anos de 'Never mind the bollocks', dos Sex Pistols, no podcast 'Sub', do Estadão. Dêem um bom desconto nas besteiras ditas pelos apresentadores e aproveitem a boa seleção musical, na base da 'linha do tempo'. E, se possivel, usem fones de ouvidos. Os graves agradecerão.

http://www.estadao.com.br/interatividade/Multimidia/ShowAudios.action?destaque.idGuidSelect=B5C03CC284B44FDF9575C5BA145B22D7

marcos rodrigues disse...

Ah, sim. As musicas estão editadas com fade outs, o que significa que foram 'encurtadas'. Mas acho que vale à pena como um painel, ja' que cobre diversas bandas, desde o pré-punk.

sora disse...

Marcos,

a seleção, mesmo em fade-out, é legal. Só não imaginei que o desconto precisasse ser tão alto.

abraços

Franchico disse...

Queisso, gente. Os rapazes do Estadão são super bem comportados. Em termos de abobrinha ditas em podcast ninguém pode com as desse humilde blog...