sábado, outubro 22, 2016

Ô MICRO-RESENHA / DE QUEM VOCÊ É TIETE / EU SOU / SOU TIETE DO ROCK LOCO...

Granada ideológica

Considerado um dos livros mais “perigosos” de todos os tempos, este clássico do pensamento subversivo do filósofo belga foi uma das principais inspirações para o Maio de 1968 em Paris. Uma crítica radical ao capitalismo selvagem e seus efeitos. A Arte de Viver Para as Novas Gerações / Raoul Vaneigem / Baderna - Veneta/ 352  p./ R$ 49,90







Reverendo encontra Maestro

O novo catecismo sonoro do baiano Reverendo T vem com a luxuosa produção do vanguardista Heitor Dantas. O resultado é uma obra que é, ao mesmo tempo, estranha e agradável. Reverendo T & os discípulos descrentes / Puta B​.​O​.​C​.​A. santa / São Rock / www.reverendot.bandcamp.com







Compositor inspirado

Segundo solo do cantor e compositor Rapha Moraes, bem mais ousado que o anterior, La Buena Onda (2014). Experimental e ruidoso, mete o dedo na ferida em Homens Bomba e reflete sobre a natureza humana em Ladeira Abaixo. Rapha Moraes & The Mentes / Corações de Cavalo / For The Records / R$ 30







Violão afro-lusobrasileiro

Violonista renomado, Marco Pereira interpreta 12 composições de uma lenda do violão brasileiro, Dilermando Reis (1916 - 1977), como Gente Boa, Feitiço e Magoado, entre outras. Brasilidade afro-lusa que sai pelos poros. Marco Pereira / Dois destinos / Borandá / R$ 31,90







Poesia des-afiadora

Poeta e escritor paulista com mais de 50 obras no currículo, Álvaro Alves pratica em seus versos uma poética sombria e desafiadora, de desconstrução de afetos. Quase todos os poemas se iniciam com o sufixo “des”: desfalecer, desacreditar, descuidar. Já publicado em Portugal e Espanha. Desviver / Álvaro Alves de Faria / Escrituras / 64 p. / R$ 30







Digerindo o golpe

Lançado no calor da crise política que se arrasta, esta coletânea reúne artigos de intelectuais, políticos e jornalistas como Marilena Chauí, Ciro Gomes, Luiza Erundina, André Singer, Jandira Feghali, Juca Ferreira e muitos outros, além de charges de Laerte. Independente da posição política, um documento de época importante. Por que gritamos Golpe? / Vários autores / Boitempo / 176 p. / R$ 15






Reflexões e delicadeza

Ex-líder da banda local Maria Bacana, André LR Mendes reflete sobre muitas coisas em Todas as Cores. Sobre a insatisfação (Amsterdã), a boçalidade (Não Me Chame pra Lugares), sobrevivência (Naufrágios). Sensível. André LR Mendes / Todas as cores / Independente / Ouça: www.andremendesmusica.com.br







Poop pop

Astro pop de segunda categoria, o inglês Robbie Williams reafirma sua falta de identidade própria neste DVD gravado em Tallinn (capital da Estônia). Com postura de rapper genérico e esse repertório fraco, só engana incautos. Robbie Williams / Live In Tallinn / Universal / DVD: R$ 39,90







Somos América

Um dos maiores nomes da guitarra no Brasil, Biglione se abstém de demonstrar (muito) virtuosismo e faz um passeio climático / cinematográfico pela América do Sul nas 16 faixas deste CD. O resultado é belíssimo. Victor Biglione / Mercosul / Guitarra Brasileira - Tratore / R$ 24







Estilo BR70

O brasiliense Matheus De Luca tem um vozeirão e seu trabalho fica entre o rock dos anos 1970 e Zé Rodrix. Ouça: Nu Na Via Láctea ou Jardim de Infância e Absurdiário. De Luca / Pão e Circo / Independente / www.delucaoficial.com.br







Indie rock baiano de estirpe

A banda local Game Over Riverside solta EP com seis faixas encharcadas de guitarras, alguma melancolia e zero firula. Ouça: Sadness Online e Deep Waters. Game Over Riverside / GOR / Independente / www.gameoverriverside.bandcamp.com 








O Brasil se curva aos recifenses

Referência  pernambucana, a banda Cambio Negro tem seu 1º LP (1990) regravado por Pastel de Miolos (BA), Karne Krua (SE), Skullbillies (PR) e outras. Vários artistas / Reflexo do espelho: tributo ao Câmbio Negro HC / Microfonia / R$ 15








O gênio da lâmpada segundo Rushdie

Um dos maiores escritores vivos, Salman Rushdie retoma o ancestral conceito dos djinn, de onde se originam os gênios da lâmpada do folclore árabe. Na trama, tudo começa depois de uma tempestade em Nova York e estranhos fatos começam a ocorrer. Dois Anos, Oito Meses e 28 Noites / Salman Rushdie / Companhia das Letras/ 336 p. / R$ 54,90 / E-Book: R$ 37,90






Marimbondos ferozes

A veterana banda feirense faz seu melhor trabalho em Casa de Marimbondo. A voz rouca de Pablues é um perfeito contorno para composições inspiradas, como O Inquilino (com direito a tambores de terreiro) e Balada Maldita. Belo. Clube de Patifes / Casa de Marimbondo / Big Bross - Brechó - São Rock / R$ 20







Apesar da taquara rachada

“Revelação” do rock inglês, Jake Bugg chega ao terceiro álbum com as mesmas pretensão e voz de taquara rachada  que fizeram sua fama. Há boas faixas: Love Hope and Misery e Put Out The Fire, por exemplo. Mas ainda precisa comer muito feijão pra ser alguém. Jake Bugg / On My One / EMI / R$ 29,90







Política e Pantera

Rock furioso e politicamente engajado: é o que oferece a banda brasiliense Trampa em seu segundo álbum. O estilo do som remete ao Pantera e similares – o vocal de André Noblat é muito Phil Anselmo em Você?, mas tá valendo. Trampa / ¡Viva la Evolución! / Independente / Preço Não divulgado







Freaks em desfile

A cidade de Mongaguá (São Paulo) é o cenário desta HQ protagonizada por um monte de gente esquisita. Há um taxidermista tarado, uma aspirante a atriz que toma aulas de interpretação com ele e um vidente que faz previsões a partir de suas tatuagens. A Sereia de Mongaguá / Thiago Moraes Martins e Marcos Paulo Marques / Veneta / 80 p. / R$ 59,90







NY, 1976

Neste tijolão (mais de mil páginas) que marca sua estreia em romances, Garth Hallberg tenta recriar o clima da Nova York suja e punk rock de 1976. Neste cenário, narra as peripécias de um punhado de personagens entre amores, dramas e um assassinato. Cidade em Chamas / Garth Risk Hallberg /  Companhia das Letras / 1048 p. / R$ 69,90 / E-Book: R$ 39,90







Que horas a gorda canta?

Uma das muitas obras-primas de Mozart, Don Giovanni inaugurou o estilo conhecido como opera buffa (ou drama giocoso), que trouxe humor ao gênero. Aqui, grandes nomes atuais interpretam o clássico. Vários Intérpretes / Don Giovanni / Universal Music / DVD duplo: R$ 54,90








Obra em progresso

Primeiro álbum da banda de rock brasiliense Alarmes. Não é assim uma Brastemp, mas é evidente que se trata de uma banda entrosada, com instrumentistas afiados. Com tempo e sorte, construirão identidade mais definida. Alarmes / Em Branco / Independente / Preço não divulgado






Acordeom viajandão

O acordeonista virtuose Toninho Ferragutti e seu grupo apresentam mais uma bela coleção de composições em seu novo álbum. Em Beduína, brinca com escalas orientais, enquanto em Santa Gafieira, presta reverência ao samba. Sonzão. Toninho Ferragutti Quinteto / A gata café / Borandá / R$ 31,90






Guitarra com trombone

O guitarrista brasileiro Lupa Santiago e sua banda se juntam ao trombonista ianque Ed Neumeister em sete temas autorais – ora cerebrais, ora suingados, sempre surpreendentes. Two For Eleven é especialmente adorável. Lupa Santiago 4teto + Ed Neumeister / Ubuntu / Sound Finger / Preço não divulgado







Trumpete viajandão

Ajuste os controles ao coração do Sol e embarque na nave do trompetista Guizado rumo aos confins da galáxia. Para cada planeta, um instrumental jazz-rock-eletrônico na frequência certa da rotação planetária. Viaje. Guizado / Guizadorbital / Independente / Ouça: www.guizado.bandcamp.com







A origem do canalha

Todos os fãs de Star Wars amam Han Solo, o charmoso e cafajeste contrabandista vivido por Harrison Ford no cinema – mas quem é ele, na verdade? Neste primeiro volume de uma trilogia, sua história de origem desde o nascimento, até seu encontro com um certo padawan. Star Wars: A Armadilha do Paraíso / A. C. Crispin / Aleph/ 460 p./ R$ 39,90







Lupinas fantasias

A estreia em romance do quadrinista R. C. Rocha, autor da tira Deus, Essa Gostosa (Folha de S. Paulo), é uma fantasia em torno de mulheres lobo em busca de vingança em uma sociedade onde humanos e lobisomens convivem pacificamente. Perseguições, traições e suspense na 1ª parte desta trilogia. Lobas / R.C Rocha / Veneta/ 224 p./ R$ 39,90

12 comentários:

Franchico disse...

Bom dia, o senhor Cohen o aguarda na sala ao lado.

http://newalbumreleases.net/89510/leonard-cohen-you-want-it-darker-2016/#more-89510

Sugiro usar suas melhores roupas.

Franchico disse...

Ninguém segura a juventude hitlerista brasileira!

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/mbl-financia-grupos-para-agredir-estudantes-em-escolas-ocupadas-de-curitiba-diz-site/

Vem ni mim, feladaputa. Vem ni mim pra tu ver o que acontece.

Franchico disse...

Ué, a polícia agora tem como atribuições a decoração de interiores?

http://www.bbc.com/portuguese/internacional-37710701?ocid=socialflow_twitter

Começa assim: tira esse quadro da parede. Daqui a pouco tão pregando é os artistas na parede...

Franchico disse...

Nosotros teremos que trabalhar até os 65 anos para ter direito de se aposentar de forma minimamente digna.

Já a GENTALHA que nos governa...

http://www.brasilpost.com.br/2016/10/21/ministros-temer-aposentadoria_n_12591546.html?utm_hp_ref=brazil

andre L.R. mendes disse...

chico!
liberado o download gratuito do disco TODAS AS CORES!
FLAC (alta qualidade,recomendo!): https://www.dropbox.com/sh/vxtl530osh556r3/AACvZHalWaKDJoQcXNRjAeH1a?dl=0

MP3 (aquela "qualidade" de arquivo que a gente já sabe!):https://www.dropbox.com/sh/32vu9a16uxmda1p/AAAlYn-KxvBX-Inr8sq9PmYma?dl=0

quem gostar e quiser comprar o CD,olha o link:
http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-786802371-cd-todas-as-cores-de-andre-l-r-mendes-2016-_JM

abracao!
:D

Franchico disse...

RIP Steve Dillon

https://omelete.uol.com.br/quadrinhos/noticia/morre-steve-dillon-de-preacher-hellblazer-e-justiceiro/

Muito triste. Dillon é simplesmente o fabuloso desenhista de séries absurdamente boas, muitas delas em parceria co mo genial Garth Ennis, como Preacher, Hellblazer e Justiceiro, sem esquecer a igualmente clássica Skreemer, de Peter Milligan.

O Bleeding Cool o chamou de "Greatest Living Englishman".

http://www.bleedingcool.com/2016/10/22/steve-dillon-greatest-living-englishman-dies-aged-54/

Taí alguém que fará falta...

Rodrigo Sputter disse...

http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2016/10/1824918-gilberto-gil-publica-video-ouvindo-cancao-que-havia-sido-censurada.shtml

porra, vc leu esse do Garth todo? eu comentei contigo sobre ele...fiquei curioso...

porra, tá dez conto, se entregar no xop, eu nem pago frete:

fohttp://www.saraiva.com.br/a-arte-de-viver-para-as-novas-geracoes-110714.html

foda q tou cheio de coisa pra ler e tou numa fase empacado em um...mês passado eu tava devorando tudo...mas vou ver, dez conto...é dez conto...achar por esse preço de novo...

tem q pegar o youtubber ai coxinha e processar...pegar menor e filmar sem autorização dos pais??
pegar ele aí...quem aparecer processar...mas no PR tá cheio de pai coxinha...a página dele no face tem nada mais, nada menos, do q 249.248 curtidas...eu "gostaria" q a esquerda perdesse as tres próximas eleições, só a direita, aí queria ver o q os modinhas iam falar..."ah, mudei de opinião...agora a direita tá errada", tudo vai na onda...antes era cafona ser direita, agora é hype, conheço gente q era de direita nessa época...antigamente, agora tem aos borbotões...não acho que ninguém vai salvar ninguém além do próprio bolso...mas defender a direita com se fossem bonzinhos, é demais...quer meter o pau na esquerda, blz...mas daí achar que a direita é superbacana...é "inocência", e$$perteza ou burrice....

Rodrigo Sputter disse...

não sei se falei sobre o link do Gil q postei...se aquela letra foi censurada naquela época, pense o que não acontecerá no futuro...do jeito que as coisas andam...jovem conservadores na minha época era coisa rara...cafona...gente q só ia transar depois do casamento pq a bíblia dizia.

skreemer é FODA...comprei a edição encadernada em 97 acho, por 50 centavos, emprestei pra uma ex, ela terminou e jogou fora, não teve a dignidade de me devolver...e olha que ela fala comigo até hj de boa...sacanagem, fiquei puto véi...prechar é foda, hell tb...vim ler depois com scans...eram "caras" na época q eu era pivete. preferia comprar os discos com $$ q eu ganhava...ouvindo mestre Coen...

Franchico disse...

Tem que acabar com isso. Militar não NADA de especial. CHEGA DE CASTAS! CHEGA DE PRIVILÉGIOS PARA SANGUESSUGAS!

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/por-que-o-brasil-gasta-mais-de-r-420-mi-por-ano-com-superior-tribunal-militar-em-tempos-de-paz/

Franchico disse...

A comunidade quadrinística homenageia e relembra o grande Steve Dillon:

http://www.bleedingcool.com/2016/10/22/comics-people-remember-steve-dillon/

Franchico disse...

Não planejava assistir, mas a série O Exorcista acaba de se tornar mais interessante:

https://omelete.uol.com.br/series-tv/noticia/o-exorcista-revela-ligacao-direta-com-o-filme-de-1973/

Rodrigo Sputter disse...

comprei o baderna essa semana...10 pilas pelo site da saraiva...ainda num pago frete, pego lá quando tiver pelo centro...de 50 por 10 contos é uma senhora economia...