sábado, outubro 02, 2010

QUE PUXA!... CHARLIE BROWN & CIA FAZEM 60 ANOS!


Um garoto careca vem andando e passa entre dois outros meninos. Um deles comenta: “Bem, aí vem o Charlie Brown. Sim, senhor, o bom e velho Charlie Brown... Como eu o odeio”.

Foi assim, com esse humor amargo, que uma das mais influentes tiras em quadrinhos de todos os tempos veio ao mundo, 60 anos atrás, em 2 de outubro de 1950.

Peanuts, criação imortal do norte-americano Charles Schulz, circulou com este nome sua primeira tira sindicalizada em sete jornais neste dia, mas já existia desde 1947, com o nome Lil’ Folks (Coleguinhas, em tradução aproximada) no jornal St. Paul Pioneer, da cidade natal de Schulz, Saint Paul, Minnesotta.

No jornal local, contudo, a tira nunca chamou a atenção.

Somente depois que o cartunista vendeu seu trabalho para a poderosa United Features Syndicate (distribuidora de tiras e cartuns para os jornais norte-americanos) e esta trocou o nome de Lil’ Folks para Peanuts (à revelia de Schulz), foi que a turminha do “odiado” menino careca começou a chamar a atenção.

Livros e camisas polo

Como em toda data comemorativa, o comércio logo se agita, com diversos lançamentos em quadrinhos e produtos com os personagens chegando às lojas.

No Brasil, duas editoras já enviaram às livrarias novos álbuns com as tiras da turma.

A L&PM dá continuidade à série de álbuns em capa dura Peanuts Completo, que publica todas as tiras da turma desde 1950, com o volume 3, que cobre as HQs publicadas no biênio 1955-56.

A edição conta com uma bela introdução escrita por Matt Groening, criador dos Simpsons, declarando seu amor incondicional à obra de Charles Schulz.

Além disso, publicou também o volume 10 da coleção em pocket, Sempre alerta!

Já a editora Cosac Naify lançou Snoopy extraordinário (48 páginas, R$ 45), uma coleção de tiras publicadas no apogeu criativo de Schulz, nos anos 1970, com um adendo chiquérrimo: texto do intelectual italiano Umberto Eco. Outros dois volumes serão lançado ainda este ano.

Outro lançamento digno de nota, mas desta vez, na área têxtil, é o lançamento da coleção de camisas polo da tradicionalíssima marca francesa Lacoste, comemorando os 60 anos de Snoopy & Cia. Pela primeira vez, desde a fundação da camisaria em 1933, se verá o tradicional jacaré da Lacoste interagindo com outros personagens.

Babador e comédia humana

Exaltar as qualidades humorísticas, artísticas e filosóficas de Peanuts é chover no molhado. A turma do cachorro beagle branco é tão presente na cultura ocidental que às vezes passa até despercebida.

Ou, como diz Matt Groening em Peanuts completo volume 3, “Desde a primeira infância mantivemos nosso queixinho limpo com babadores oficiais do Snoopy e fomos enrolados em cobertorzinhos não licenciados”.

Umberto Eco foi ainda mais longe: “Peanuts é um microcosmo, uma pequena comédia humana”. Como não ama-los?

Peanuts Completo: 1955-1956 / Charles Schulz / L&PM / 344 p. / R$ 68 / www.lpm.com.br

14 comentários:

Franchico disse...

Luciano Matos botou uma boa cobertura do Coquetel Molotov em Salvador no seu El Cabong:

http://www.nemo.com.br/elcabong/?p=4412#comments

Com direito a videozinho do brutal show do Dinosaur Jr.!

Passado o impacto do showzaço, fica a melancólica questão: quando Salvador terá a oportunidade de ver outro show tão bom? Daqui a um ou dois anos, de novo?

Deprê!

Anônimo disse...

pede pra trazer o Luna. vai ser bala. vai dá umas 600 pessoas na concha

Franchico disse...

Contando com sua mãe, vai dar 601.

Franchico disse...

Vinha uma bichinha - bichinha...

...O resto vcs leem / ouvem / veem aqui:

http://costinhaday.tumblr.com/

Página em homenagem a um dos maiores gênios brasileiros de todos os tempos.

Franchico disse...

Por mais que Kirsten Dunst seja linda e tenha se saído muito bem no papel de Mary Jane Watson, a garota ruiva do Homem-Aranha, parece que agora, para a nova série de filmes do personagem, escolheram uma atriz mais condizente com a sensualidade quase agressiva da voluptuosa MJ dos quadrinhos.

http://www.universohq.com/quadrinhos/2010/n04102010_04.cfm

http://www.omelete.com.br/cinema/emma-stone-pode-ser-mary-jane-watson-em-homem-aranha-3d/

Oh, yes, já gostei!

Franchico disse...

Querem saber como foi o "shou" do Menud, digo, Restart ontem em Salvador?

O repórter que foi destacado para cobrir tb. Impediram o rapaz de entrar. Melhor para ele (que se poupou do atentado visual-sonoro), vergonha para a produção.

http://caderno2mais.atarde.com.br/?p=1973

cebola disse...

Agora, com vocês...o Dinossaur senior!! http://www.youtube.com/watch?v=XUGej_ofcAQ

cebola disse...

Outra: http://www.youtube.com/watch?v=uOq93UqN9vU&feature=channel
E o Dinosaur é, em inglês, com um s só né cebola?!

osvaldo disse...

ta foda, novos de deus, tb conhecido pelo apelido de eric clapton, lloyd cole, hawkwind (!!??) a punkaida do jim jones revue, todos ja rolando . vi q foi lançado um doc sobre dave davies- a mystical journey, alguem tem?

cebola disse...

Clapton, já sabia...mas Lloyd Cole?? UHUU!

marciorocks disse...

BUDDY GUY com "Living Proof"!!! E o de God, pelo que vi, segue a linha do "From The Craddle"... E vamos nessa!

Anônimo disse...

living proof?! só se for com o wishbone ash....hard rock classudo imbatível de 1980...I got to have proof!!!!!!!!!!!!!!!!!

cláudio moreira

Why does love have to?
Where does it go to
Outta my door?
How much have you got?
Is it enough for me
Or will I want more?

Oh,oh, you tell me you just want some fun.
Oh, oh, I’m trapped between the fire and the man with the gun.

Time in a vacuum,
Waiting for someone to say what they think.
But all that pretending doesn’t convince me
’cause they just want to buy me a drink.

Oh, oh, you tell me you want to be free.
Oh, oh, baby, I’m trapped between the devil and the deep blue sea.

It’s night in the city,
I’m filled with self-pity -
I’m taking the air.
If somebody hits me
Here in this city,
I swear I just don’t care.
Oh, oh, just looking for proof.
Oh, oh, I’m trapped like a cat on a hot tin roof.
Oh, oh, just looking for proof.
Oh, oh, I’m trapped like a cat on a hot tin roof.

I got to have proof,
I got to have proof,
I got to have proof,
I got to have proof. (repeat)

Ernesto Ribeiro disse...

O DESENHO MAIS DEPRIMENTE DE TODOS OS TEMPOS.

Deviam proibir para menores de 200 anos.

Claro que ali não tinham nenhum personagem decente, muito menos crianças de verdade. Era a NEGAÇÃO da infância.

Toda vez que aquela m... passava na TV com aquele moleque careca depressivo da voz doente, eu tinha vontade de dar um tiro na televisão com escopeta calibre 12.

Ernesto Ribeiro disse...

QUE MERDA!... CHARLIE BROWN & CIA FAZEM 60 ANOS!