segunda-feira, novembro 28, 2005

SÓ PARA CONSTAR

A banda gaúcha Cartolas levou o grande prêmio do concurso Claro q é rock, faturando uma van, a gravação de um disco no estúdio Toca do Bandido e dois (2! Um só não basta?) videoclipes. Diz que Ronei Jorge e os Ladrões de Bicicleta, ilustres representantes baianos, ficaram com o segundo lugar. Sobre o concurso, registre-se o mico (tá mais pra King Kong) relatado pelo repórter Marcos Casé, do jornal A Tarde:

"Mas o principal fato negativo ficou por conta da organização do festival, que, para começar no horário marcado, permitiu que o grupo (Ronei e OLDB) tocasse sem a presença dos jurados, o que aconteceu também com a Volpina, de Sorocaba (SP), segunda a subir no palco. Atrasados, os jurados - a cantora Pitty, os jornalistas Lúcio Ribeiro e Sílvio Essinger, o produtor musical Carlos Eduardo Miranda, o diretor da MTV Mauro Bedaque e os curadores do festival, Constança Scofield e Wagner Vianna, do Estúdio Toca do Bandido - só assistiram ao vivo a partir do show da terceira banda, exatamente a Cartolas. Depois de muita discussão, se os primeiros shows teriam que ser repetidos, ficou acertado que o júri veria a gravação feita pela MTV para avaliar a performance do Ronei e da Volpina. Pior para as bandas, que não puderam ser analisadas no calor e na emoção do palco".

Ei, ano que vem me chamem pra ser jurado que eu juro que chego no horário, valeu?

De resto, diz que Iggy detonou, o Lips encantou, Sonic Youth entortou, NIN quebrou tudo e Fantomas e Good Charlotte só serviram mesmo para encher o saco. Já tá cheio de relatos de quem estava lá, por aí. Mantenha sua bunda gorda na cadeira e vá se informar direito em outros lugares.

E ano que vem me aguardem! ;-)

TRIBUTO À STEVE MARRIOT NAS BANCAS - Acabei de ver no meu horário de almoço um DVD na banca de revista com um show em tributo à Steve Marriot, seminal guitarrista e vocalista da não menos importante banda setentista inglesa Humble Pie, que era um belo cruzamento de soul, blues e hard rock. No show, participações do modfather Paul Weller, dos Oasis Liam Gallagher e Gem Archer (ei, esse cara não tocava no Ride tb?), Kenney Jones (substituto - se é que isso é possível - de Keith Moon no The Who) e Peter Frampton (tb ex-Humble Pie), entre vários outros. Não, não conheço - como deveria - o Humble Pie, mas parece bem bacana, pena que meu orçamento para dvds deste mês já foi. R$ 17 e uns quebrados.

14 comentários:

osvaldo disse...

Que coisa hein?!! O juri nao viu a apresentaçao de Roney e a Volpina?Porra assim nao vale, mas quem disse que era pra valer? Chama o Edilson Freire de Carvalho pra juiz do Claro! Ah, Marriot fez parte do antologico(bota antologico nisso) Small Faces, junto com Peter Frampton, Ronnie Lane( depois Faces circa Rod Steward) , Ian McLagan( tb Faces) e Kenney Jones( depois The Who).

Gabriela R. Almeida disse...

Sem falar na desorganização e atrasos do Rio, que culminaram com um show de menos de 40 minutos (isso mesmo, 6 músicas SOMENTE) do Sonic Youth. Foi uma palhinha de músicas do disco novo, e só. Não teve Teenage Riot, nem Mote, Bull In The Heather, nem nada... Os shows estavam em média 3 horas atrasados. O festival estava marcado para começar às 5 da tarde, e 8 e meia da noite o público esperava o Good Charlote, que era a segunda banda, entrar no palco. O show da Nação Zumbi acabou sendo "adiado" para o final - nem sei se rolou pq fui embora antes. Fantomas e Flaming Lips fizeram shows curtos também (nada parecido com o Sonic Youth), Iggy e os Stooges tocaram uma hora ou mais, devem ter feito o set todo. O Sonic Youth foi essa piada. O Nine Inch Nails eu não sei direito. Fiquei tão decepcionada com o SY que do Nine Inch Nails só ouvi a barulheira de longe e a mega super produção de luzes e cenário. Fui embora na terceira música, eu acho.

Ah, o som do palco onde o SY tocou estava muito mais baixo do que o do palco B. Iggy e os Stooges foi uma esporreira do caralho, o que também contribuiu paraque fosse o melhor show da noite, e ironicamente o SY foi baixinho, baixinho.

Zezão disse...

Ia relatar um monte de coisa sobre Os Stooges mas nada descreveria a zorra toda.
Thank you Lord Satan!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Não conheço todas as músicas mas pelo que li foram 95,9 % de faixas dos 2 primeiros discos. Melhor não poderia. Acordes com aquela sujeira, espancamento de bateras, enfim...


Vi a verminagem soteropolitana e peruei no camarote da Claro. Muita trincação no ar além de pão com beterraba & queijo (não sei se era requeijão cremoiso ou catupiri).
De quebra encontrei lá Big Bross, Spéncer, Sora, Iuri, Peu, Nilma, Valdimir, Pierry, Carla & Bruno, Vlad Cazé e uma raça. Sobre que P. Bó também estava lá e que Batata, na hora H foi cooptado pelos irmâos Tales e Tomás pra uma estada na terra de Escadinha.


Me chapei de conhaque presidente, comprado a R$ 4,69.

Não vi a esculhambação que fizeram com Ronei e os outros concorrentes mas, pelo que falam, foi fuleragem da grossa. Sou mais Rui da Meio Homem no finado Garage.
Filhos da puta, Chicão, não consideram o peão que tá batalhando uma nesga de luz nesta constelação semi-putrefata.
Duda quase tem um orgasmo vendo Terry Bozio (baterista de Zappa) virando as partituras no show do Fantomas (confesso que eu não estava no clima) chegou com os zói brilhando e eu joguei logo conhaq nos peito dele. Encontrei Spencer no meio de "No Fun" com uma bicicleta ribombando no juízo...


Voltando a Iggy, que eu não queria falar muito mas não consigo evitar foi foda, do caralho.

Quem esperava algo caricato tomou no meio da broca do cu.
Sobre os outros eu não quero nem falar. Vieram de lambuja

miwky disse...

eu fico com o flaming lips, o resto pra mim foi lucro. um lucraço em se tratando de nine inch nails, mas o trent merecia uma miwky mais inteira. foda é que já passavam de 10 horas de pé, dai não tinha ser humano que aguentasse.

sonic youth fez um show apático e fantômas de c* é rol*!
cachorro grande fez um show bom pra pouca gente ver, mas foi uma galera sedenta. as bandas da seletiva que eu vi, que grandes bostas!!

organização meia boca, botaram a galera pra fora, todo mundo ainda queria festa, tudo gente doida.

Franchico disse...

Porra, muito massa os testemunhos da galera. Valeu Gabi, Zé e Miwky pelos relatos "olho no lance". Apareçam mais e sempre.

Ah, Zé: vou ficar com o John Mellencamp, mas só posso de te dar o cascalho depois do dia 10, nenhuma? O bicho tá pegando, malandro. Agora, aquele Neil Diamond vc oferece pra senhora sua vó, seu sacana! ;-)

miwky disse...

nenhuma, hehehe!

agora, dizem que hoje tem casacadura na cidade, alguém confirma?? em geral, o blog irmão de luciano matos dá o serviço, mas o cara tá viajando, deve estar sem tempo.

yaravasku disse...

Frio, lama, o "pós" reunido, a bunda de Iggy, a psicodelia Flaming Lips, guitarras SY, amigos bons de rever, ressaca, a ajuda do céu (Miwki...). Valeu tudo. E a organização em SP estava ótima. Nenhum atraso. Aguardem mais impressões por sir bola no clash city rockers.

osvaldo disse...

o bicho parece que ta pegando mesmo com a etapa carioca do claro que é rock. vejam blogger do jornal do brasil:
http://blog.jb.com.br/musicaemquestao.php
se nao conseguir, entra no Terra que tem link com o jb.

osvaldo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Marcos disse...

Chico, Sora, Osvaldo, Mário Jorge (cadê tu?), Zezão, Gabriela, Miwky, seguinte; o nome de vcs tá lá entre os convidados da festa de aniversário do Miss Modular, esta quinta. Sim, o fim de semana vai começar antes :) Isso tb vale pra turma do Clash CIty Rockers.

Franchico disse...

Opa, meu tênis (eu disse TÊNIS) com molas deu resultado. Estarei lá com prazer, Marcão.

Cascadura? Aonde?

Marcos disse...

Cascadura? Com certeza no dia 08, no Miss.

miwky disse...

peguei o serviço com a carol, no mercadão, taí:

"Terça 29/11 a partir de 19:34:51hs tem Beatles Social Club na CIA da
PIZZA no Rio Vermelho com: Capitão Parafina e os Haoles, Vinil 69,
Daniela Firpo e Dr. Cascadura."

só não disse quanto. parece que o fim de semana começa hoje, tõ no gás!!

e pode contar comigo, marcos, pra apagar a velinha do miss modular, assim que terminar o programa da gabie, correrei pra lá.

yaruska e cebola, vcs têm de contar a história do prédio e tb a história de edgar navarro botar pra foder.

a amizade imperou!

miwky disse...

é, osvaldo, parece que eu fiz negócio em trocar o rio por sampa. eu sempre prefiro o rio, mas tinha o apelo da seletiva que, aliás, nem peguei toda e o que eu vi era muito ruim:

spiegel tem a boca muito suja e esta história de reggae com rock e etc, parece mais falta de identidade do que qq outra coisa.

1004 - uma banda com uma vocalista irritante, o groove tb não ajudou.

moptop - a gente já sabia, queriam ser strokes de qq jeito, mas não têm idade pra isso.

falta uma, falta uma! ah, os imperdíveis, acho que cebola fala melhor.

lembram da tia aqui metendo o pau no shiow da cachorro grande em salvador?? pois é, se redimiram por completo.

nação zumbi destrói, sempre!

quem sabe eu lembro de mais coisa...