quarta-feira, setembro 26, 2012

MAIS MADURA E "PLANTADA", SCAMBO RETORNA, PRONTA PARA O GRANDE PÚBLICO

 A Scambo é, definitivamente, um caso à parte no rock baiano. Diabos, na música baiana como um todo.

Formada em 2000, não demorou em formar público – mas público de verdade, mesmo, que lotava todos os shows –, apoiada na figura carismática do vocalista Pedro Pondé  e no estilo brasileiríssimo do rock por eles praticado.

Em 2006, contudo, a banda acabou, após um rumoroso quebra-pau público nas redes sociais da vida.

Já dizia o poeta que o tempo cura tudo. Ninguém se espantou, portanto, quando a Scambo anunciou sua volta no final de 2010.

Agora, finalmente, eles soltam seu primeiro CD dessa “fase 2”: Flare.

O título tem múltiplos significados, mas no caso da Scambo é um reflexo que ocorre em  lentes fotográficas e astronômicas.

O disco  foi gravado ao vivo no estúdio, de forma acústica, com Pedro, Graco (violões de cordas de nylon), Xandão (baixo) e o convidado Thiago Trad (bateria, tocada com escovinhas).

“A gente tinha umas músicas que desde o principio tinha mais cara de violão do que de guitarra”, conta Pedro.

“Pensamos em gravar desse jeito. ‘Vamos tocar violão  e fazer um registro delas, só  para que não se percam’. Aí fomos para uma casa em Busca-Vida e conversamos muito sobre arranjo, sobre letra. Foi a primeira vez que fizemos isso, foi legal demais”, relata.

Animados, resolveram reproduzir o clima praieiro de Busca-Vida no estúdio.

“Chamamos (o produtor) Tiago Ribeiro, que tem um estúdio profissional em casa e transpomos o trabalho para lá. Chamamos Thiago Trad, que é amigo de Graco de longa data, justamente para não perder o clima de galera”, conta.

“Aí, para conseguir imprimir na gravação esse clima, íamos ter que gravar ao vivo, o que significa segurar a onda do perfeccionismo. Por que a verdade é que somos três perfeccionistas”, admite Pedro.

Diferenças e afinidades

O resultado está em Flare, um belo testemunho de despretensão e musicalidade apurada do grupo.

”A gente nem botou muita fé, só pensamos no registro mesmo. Nunca pensamos em fazer um puta trabalho. Quase não saiu”, jura o rapaz.

Mesmo assim, em meros quatro dias no ar, “já tinha uns sete mil downloads”, contabiliza.

O show de lançamento, no dia 16 de agosto, foi para um Teatro Vila Velha completamente lotado.

“Teve gente que teve que ir pra casa, por que esgotou. E foi dois dias depois que botamos o CD no ar, mas já tinha gente cantando as músicas. Foi uma surpresa pra gente”, conta.

O CD também estava a venda, mas o freguês podia pagar o quanto quiser. Podia até pendurar: “Ninguém vai deixar de ouvir nosso CD. Pode pegar até fiado, paga quando puder”.

As lições do passado foram aprendidas e agora, a banda vive um dia de cada vez: “O que considerávamos defeito um dos outros, não era defeito.  Por que se eu monto uma banda só minha ou só de Graco ou de Xandão, não ia dar certo. O que faz a Scambo são essas diferenças e afinidades. Tudo isso continua existindo, mas hoje nos respeitamos e nos conhecemos muito mais. Tudo isso é fundamental para o trabalho. E o trabalho está acima de nós três”, conclui.



MICRO RESENHA: Scambo / Flare

O CD de retorno da Scambo é uma boa pista do caminho que eles devem seguir de agora em diante: despojamento, coração aberto, vocais delicados e bem arranjados. Tudo gravado em “take 1”, sem retoques e com toda a honestidade. Um belo disco, sim senhor.

BAIXE O ÁLBUM FLARE.

8 comentários:

Franchico disse...

Este é meu último post "na manga". Agora, só na volta ao trabalho.

Dia 8 começa tudo de novo.

Creindeuspai.

Franchico disse...

Novas HQs Vertigo chegando na área:

http://omelete.uol.com.br/vertigo/quadrinhos/sweet-tooth-e-unwritten-vao-sair-no-brasil/

Zombie disse...

Legal seu blog, to seguindo.. se puder retribuir hehhe

http://shelikesrockn-roll.blogspot.com.br/

Old School disse...

Recebi o coice da mula,de novo.E pegou bem no meio da testa,de novo.Pena q a galera do estraga prazer nao tardou a chegar.O chato eh q logo apos ter desligado a camera os caras mandaram a sequencia "Streamline Woman" e "Blind Man In The Dark".So faltei morder a mao de raiva q nem Sonny Corleone.
http://www.youtube.com/watch?v=GzjiaLypwEQ&list=UUInwQeAFcNyKPtWmsUFIjmg&index=4&feature=plcp

http://www.youtube.com/watch?v=KQslC75RXFw&feature=relmfu

Márcio A Martinez disse...

Evém você com as infos de HQs Vertigo pra me atazanar né seu Chico?!?

Mas eu gosto assim... atazana mais, vai Chico!

Vinicius Marques disse...

Po,nunca tinha parado pra pensar nesse tipo de rock,valeu a pena conhecer hahaha,curti dms,faço um blog sobre minha vida de rockeiro u.u,se puderem dar uma olhada,vlw !!

http://viniciusmarquesmusic.blogspot.com.br/

Franchico disse...

Bem vindos, Zombie e Vinícius.

Assim que puder, passo lá!

Abçs.

Franchico disse...

Wander W (com Morotó, luxo total) e Messias nesta sexta no Portela, hein!?!

O último a chegar é a concubina do vigário!

http://portelacafe.com.br/

No mesmo local, Autoramas no dia 12, recomendadíssimo: o último disco deles foi execelente!