segunda-feira, novembro 26, 2007

MICRO-RESENHAS FANFARRONAS

Mistério e conspiração na Islândia

Uma legista viciada em antidepressivos descobre os restos mortais de uma mulher neanderthal numa caverna da Islândia. O problema é que, até onde se sabe, os neanderthais jamais chegaram àquela parte do planeta. Para completar, o cadáver vestia um casaco da Benetton e tinha uma obturação em um dos molares. Está armado o cenário para uma ótima trama de mistério e investigação. Murphy, o roteirista, é veterano das HQs das Tartarugas Ninja e oferece uma narrativa segura e constante, que casam bem com os desenhos corretos de Mike Hawthorne. Boa opção para que sente falta do clima de mistério e conspiração na linha Arquivo X.

Umbra
Stephen Murphy / Mike Hawthorne
Devir
136p. R$ 25
www.devir.com.br


Maduro e talentoso, ainda que eclético

Mauricio Baia é velho conhecido do circuito alternativo desde os anos 90, quando era o líder da banda Baia & Os Rockboys. Depois que o guitarrista Tonho Gebara faleceu em 2004, os Rockboys se dissolveram e Baia partiu para o vôo solo, da qual este Habeas Corpus é o primeiro CD. Letrista articulado e muito influenciado por Raul Seixas e Zé Ramalho, este baiano radicado no Rio aborda com lirismo e bom humor o caos do trânsito (Autoramas Urbanos), a vida dura (Maria da Penha) etc. CD de um artista maduro e muito bem produzido, que só peca no ecletismo excessivo, como se tivesse de mostrar que transita bem por "todos os ritmos".

Habeas Corpus
Maurício Baia
Independente
R$ 12
http://www.mauriciobaia.com.br/


Pop eletrônico de difícil classificação

O grupo americano Hot Chip se apresentou no último TIM Festival, fato que motivou o lançamento deste seu 2º CD no Brasil, The Warning. Seu som é como uma espécie de releitura - ou mesmo atualização - do synth pop do Prince inicial (fase Dirty Mind, circa 1980) e de Giorgio Moroder, o rei da disco music. New Order também parece ser uma grande influência aqui. Apesar das referências fáceis, The Warning não é um CD de digestão imediata. Há uma certa estranheza indefinível, intrigante, percorrendo faixas como Careful, Tchaparian e Colours - o que é ótimo, em tempos onde tudo já vem tão mastigadinho. Mas Over and Over e And I Was a Boy From School, não têm mistério: é pista na certa. E Look After Me dá até para dançar juntinho. Mesmo! No saldo final, um dos lançamentos mais interessantes do ano, hypes deslumbrados à parte.

The Warning
Hot Chip
EMI
R$ 28,90
http://www.hotchip.co.uk/


A formação de um detetive paspalho

O Incal, série de HQs do chileno Alejandro Jodorowsky e do francês Moebius fez grande sucesso entre os admiradores do estilo Heavy Metal (a revista, não o estilo musical) de quadrinhos: ficção científica com muita psicodelia, crítica social, ação e violência. Alguns anos após encerrar a série, Jodorowsky voltou ao Incal através do seu personagem principal, o detetive particular John Difool. Em Antes do Incal, álbum de excelente qualidade gráfica da editora Devir, acompanhamos duas aventuras de Difool na infância e juventude. Moebius não desenha mais, mas o iugoslavo Zoran Janjetov, claramente um discípulo, dá conta do recado direitinho.

Antes do Incal
Alejandro Jodorowsky & Zoran Janjetov
Devir
96 págs R$ 42
www.devir.com.br


Vampiros, história e muita aventura

A insônia do vampiro, do escritor carioca Ivan Jaf, é um achado para fisgar os leitores adolescentes para o mundo das letras. Além de ser uma aventura com elementos do terror clássico, conjuga vários dados históricos do Brasil e da Europa para construir sua narrativa. O personagem principal, um vampiro português do século 18, rememora sua longa vida no divã do psicanalista devido à sua insônia, que não o deixa dormir (durante o dia, claro). Na psicanálise, além de narrar suas aventuras através dos séculos, instrui o leitor sobre o terremoto de Lisboa (1755), o Iluminismo e os tempos do império, por exemplo. Ótimas ilustrações do experiente Marcelo Campos (Marvel DC etc). Educação e diversão em um pacote só.

A insônia do vampiro
Ivan Jaf , com ilustrações de Marcelo Campos
Editora Ática
144 p. R$ 21,90
www.atica.com.br

17 comentários:

Franchico disse...

O que é que essa "governadora" ainda tá fazendo no cargo? Se ela tivesse um pingo de vergonha na cara, já tinha renunciado há tempos. Ela tá governando o quê? Um estado ou um puteiro? TIRA ESSA FILHA DA PUTA DAÍ, PORRA!

Moradores sabiam que menina estava em cela de homens no Pará

http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u348436.shtml

O Brasil é inacreditável.

miwky disse...

sendo que no puteiro as partes consentem sobre as práticas dentro dele.

essa menina nem teve o que dizer, não podia.

Franchico disse...

Lá se foi o vocalista do Quiet Riot...

http://www.dynamite.com.br/portal/lernews.cfm?cd_noticia=21538

Eu gostava - quando tinha uns 13, 14 anos...

Metal health!

osvaldo disse...

Hot Chip ja rolava nas quartas-feiras heavy do rock loco na primavera fm. e mesmo não sendo meu estilo favorito de pop , era bastante intrigante pelo seu estilo (perdão pela má palavra) ecletico. Sabado , instigado por Marcos Rorrigues fui ao pelô ver a tal da Ceu,. que conheço apenas via clipe da MTV , mas ja li varias loas sobre ela na imprensa , inclusive a gringa. Bem , la chegando, o pelô mais parecia um carnaval dos malucos da cidade , e logico não deu pra ver show nemhum , a praça do show tava lotada. Mas juntou uma galera num bar , e foi mais prazeroso do que ver show de new bossa.e foi mais legal ainda ver que , de vez em quando, a cidade da seus ciclotimicos surtos de (desculpem outra má palavra) "cena". Se um terço daquela galera que tava lá for ao boom bahia, o mesmo sera um sucesso.alias ja começou a contagem regressiva do boom bahia , e mais uma de novo novamente ,a cena ( ooppss!!) esta re-re-re-recomeçando, do zero , do nada , com Messias arriscando so seu , pra por a bagaça de pé , e mais uma vez precisando de toda a ajuda que for possivel da galera.Não pergunte o que seu país pode fazer por voce , e sim o que voce pode fazer por seu pais.o meu país é o rock. portanto, as armas!

osvaldo disse...

tá lá no nme:

Bono and Bob Geldof increase Africa's problems say charity. Qualquer analogia ao Bolsa Familia é com vcs.

http://www.nme.com/news/bono/32704

osvaldo disse...

com mil caralhoplanos! vejam só este site , NNDB, bisbilhotador terminal , que dá toda a ficha de pessoas com notoriedade no mundo ( a maioria anglo-saxão), de forma organizada e com comentarios, se o ser humangue (copiraite marcelo nova) em questão for celebrity , ele tá lá , (arvore genealogica e orientação sexual incluida).
http://www.nndb.com/

Franchico disse...

Puta disco legal esse do Hot Chip - e olha que eu nem andava com muito saco pra música eletrônica, mas este é um daqueles CDs que crescem a cada audição. Recomendo!

Franchico disse...

Lista dos 25 melhores álbuns ao vivo de todos os tempos, segundo os leitores da Rolling Stone americana:

The Who, Live at Leeds (1970)
Kiss, Alive! (1975)
Bruce Springsteen & the E Street Band, Live 1975-1985 (1986)
The Ramones, It's Alive (1979)
Bob Dylan & The Band, Before the Flood (1974)
Daft Punk, Alive 2007 (2007)
The Grateful Dead, Europe '72 (1972)
Wilco, Kicking Television: Live in Chicago (2005)
Phish, A Live One (1995)
U2, Rattle and Hum (1988)
Radiohead, I Might Be Wrong: Live Recordings (2001)
Led Zeppelin, How the West Was Won (2003)
The Allman Brothers Band, Live at Fillmore East (1971)
Cheap Trick, Live at Budokan (1979)
Neil Young, Live Rust (1979)
Talking Heads, Stop Making Sense (1979)
Jimi Hendrix, Jimi Plays Monterey (1986)
Bob Dylan, The Bootleg Series, Volume 4: The Royal Albert Hall Concert (1988)
The Rolling Stones, Get Yer Ya-Ya's Out! The Rolling Stones in Concert (1970)
James Brown, Live at the Apollo (1968)
Johnny Cash, At Folsom Prison (1968)
The Band, The Last Waltz (1978)
Nirvana, Unplugged in New York (1994)
Band of Gypsys, Band of Gypsys (1970)
Jay-Z, Unplugged (2001)


Bob Dylan é o único com dois álbuns na lista. O Alive! do Kiss, obviamente, é o meu preferido. Tem muita coisa genial aí. Live Rust (Neil Young), Live at Leeds (The Who), Stop Making Sense (T. Heads), Folsom Prison (Cash) etc, confere. Mas... Jay-Z? Só podia ser coisa de americano mesmo...

Franchico disse...

Esse filme promete.

Walk Hard: Paródia de cinebiografias musicais não poupa nem a cabra dos Beach Boys

http://www.omelete.com.br/cine/100009459/Walk_Hard.aspx

marcos rodrigues disse...

Tai, Osvaldo; se tem uma coisa na qual Céu não pode ser catalogada é na "new bossa" ;)

marcos rodrigues disse...

Ah, sim. A Theatro de séraphin toca hoje no lançamento da revista Fraude. Sim, vai estar cheio de ninfetas da FACOM, cambada de tarados :) Bar Balcão, 19h. Para convidados. E' so' dizer que é amigo de Chico.

Franchico disse...

Para começar o dia irritado:

Argentinos sugerem uma provocativa mascote para a Copa de 2014

http://www.universohq.com/quadrinhos/2007/n28112007_08.cfm

Franchico disse...

Amigo meu? Logo eu, que não conheço ninguém da Facom hj em dia? Aproveita e pindura na minha conta tb! ;-)

osvaldo disse...

então tá marcos , ceu não é new bossa ,. ela é new marisa monte.

marcos rodrigues disse...

que é isso companheiro, Osvaldo? olha o sectarismo. vai ouvir a garota direito, rapaz. e Marisa Monte, Carlinhos Brown à parte, é ok. além do mais, Céu e muito mais bonita :)

Franchico disse...

E o prêmio de "os piores dentes do roquenrol" vai para...

Shaun Ryder (Happy Mondays)!

http://oglobo.globo.com/blogs/jamari/

Franchico disse...

Email da Toca Discos que acabou de chegar:


Queridos,

Estão a venda as duas Harleys do Tom.

A Fatboy Softail que ele usava no dia a dia e a Night Train que ele customizou durante 2 anos.

Interessados, entrem em contato comigo ou acessem o site:
http://www.webmotors.com.br/Webmotors/ssCompra/pgBuscaMotosUsadasDetalhes/pgBuscaMotosUsadasDetalhes.aspx?cod=21710&tipo=U&moto=HARLEYDAVIDSON_SOFTAIL_FAT_BOY

http://www.webmotors.com.br/Webmotors/ssCompra/pgBuscaMotosUsadasDetalhes/pgBuscaMotosUsadasDetalhes.aspx?cod=21709&tipo=U&moto=HARLEYDAVIDSON_NIGHT_TRAIN

Se lembrarem de alguem que possa se interessar, repassem o e-mail.

Obrigada

beijo