segunda-feira, maio 23, 2005

O lado escuro do rock triste

Na velocidade que nos é peculiar, agora é Mário Jorge que ultrapassa Franchico e joga uma luz sobre o Dark Side of The Moon. Fala patrão!




Outro dia um ouvinte ligou pedindo pink floyd , lógico que no dia a gente não tinha e ficou pra próxima semana quando tocamos " brain damage" e"eclipse"... voltei pra casa pensando... deve-se ouvir o dark side of the moon toda semana como terapia de rock , (até mesmo Nei Bahia deveria ouvir) pois é das mais espetaculares guloseimas amargas da música rock.
Não se faz necessário comentar o disco , mas rapaz, quando eu ouço" time" me lembro do primeiro ano colegial quando tive que interpretar " como uma onda" de lulu santos e Nelson Motta como: " a literatura que me passaria mensagens sobre a transitoriedade da vida"...argh!!! Os mais atentos podem perceber as edições das fitas de duas polegadas que eram cortadas de gilette e emendadas com durex . Saiu na revista bizzz especial, o DVD com o making off da gravação do disco (já procurei por aqui mas não achei).

Será o pink floyd indie ....???

14 comentários:

artur disse...

É bem bacana. Eu tenho, apesar de estar emprestado...
Quando tiver comigo novamente, te empresto.

abção

osvaldo disse...

Não entendi, o dvd do Floyd que vc tá falando é daquela serie Classic Albums? Ou outro making of? De resto o Dark Side é um disco que eu ouvi tanto que fez buraco no disco.O disco que mais tempo permaneceu no hit parade na história, se não me engano ficou uns 8 anos consecutivos na Billboard no top 100.E não Mario, o Floyd nunca foi chamado de indie, era chamado de underground até o Dark Side Of The Moon.Segundo Roger Waters , nos anos 60 o Floyd era uma banda tão underground que as minhocas tinham que olhar pra baixo pra puder enxerga-la.Apesar da super-exposição do disco ter acabado com a credibilidade underground da banda, é um dos melhores discos já feitos por uma banda de pop, rock, ect. Fuckin´Classic.

Franchico disse...

esse dvd já saiu pela coleção Classic Albuns, da ST2, e foi vendido em lojas. brevemente, a Bizz, já anunciou, os dvds dessa coleção serão relançados em banca pela parceria Bizz/ST2. o priomeiro volume é o Joshua Tree do U2. o segundo, Catch a fire do Bob Marley e o terceiro é o Dark side of the moon. tomara que saiam logo nas bancas e a preços módicos. "Time" é uma das melhores, senão A MELHOR LETRA do rock de todos os tempos pra mim. a primeira vez que a ouvi foi quase uma iluminação. rocker que não conhece o Dark side de cabo a rabo simplesmente não é digno do nome.

Jair disse...

Ufa!
Meu nome pelo menos já tá garantido!
Puta cd, puta arranjos. letras... mto foda!
Acho que nunca mais vou ouvir um cd com a satisfação que eu ouço este.

cebola disse...

Prefiro o The piper at the gates of dawn, apesar de achar também o dark side fodífero. Grande som, grandes melodias,, sem contar aquela historinha da coincidência com o filme O mágico de Oz. ( ou é Alice...?)

cebola disse...

sequelas...

osvaldo disse...

esta coleção classic albums é fodaça.saiu o nevermind agora, e tem varios titulos muito bons, como transformer de lou reed, ace of spades, e outros. bola dentro da bizz.o dark side do dark side é que o engenheiro do disco alan parsons ficou tão famoso que formou o alan parsons project, prova definitiva que apuro tecnico e produção de ponta não resulta necessariamente em bom rocknroll.

Anônimo disse...

é alna parson project é mal, floy com syd é demais, sublime e perigoso...dark of side é fundamental...agora, como é osvaldo vai sair o making of de ace of spade, tô dentro...long live motorhead!

Anônimo disse...

e a foto "seus merda" não vão falar nada não, é?
acho que só botei o post por causa da foto...
obrigado francisco pela "central de esclarecimentos do chiconha" sempre atento para nos servir.
mario

obrigado sora por ter psicografado meu texto .valeu

osvaldo disse...

o ace of spades já saiu desde o ano passado, pela st2,tem no site www.st2.com.br. e a foto, que dizer? a projeção nas mina desnudas(!?) é maneira, foi usada na promoção do disco, mas se não me engano em um dos trozentos eventos comerativos feitos pela emi para comemorar disco de diamante quintuplo, ou algo do genero

Luciano disse...

O lance do Magico de Oz com o Dark SIde... eu consegui baixar na internet o filme musica do com o disco, arrumado na ordem certinha. Vi só uns trechos, mas parece ser interessante mesmo.

Nei Bahia disse...

Querido Mariu jorgy, meu problema com o Floyd é de infância, aos 11 anos fui bombardeado pelo "The wall" durante varias vezes por semana, e pensei durante muito tempo que aquilo fosse Pink Floyd; depois descobri que era uma etapa da terapia de Roger Waters.
Se não fosse o CODA do Led alguns meses depois eu hoje era cantor de arrocha.

Em tempo: 22 anos e 8 meses no TOP 200 da Billbord, estou falando de semanas seguidas, esse é a marca do Dark Side.

osvaldo disse...

Pois é Nei, 22 anos e quebrados, sem sair de cima, e volta e meia quando são editadas edições comemorativas ele dá uns repiques na Billboard. Eu mesmo comprei uma edição especial em vinil de 200 gr. em 2003, quando da ocasião dos 30 anos de lançamento. Agora Nei, Coda? Legal como sobras de estudio, mas fraco em se tratando do Zeppelin. do primeiro a Physical Graffiti, uma discografia perfeita, principalmente o II, o IV, Houses of The Holy e Physical Graffiti. E Cebola, o Piper é tambem um disco fantastico, o unico no qual Syd Barrett participou efetivamente.Já no tambem excelente Sauceful of Secrets ele já estava longe,só contribuindo com uma faixa, " Jugband Blues"

Nei Bahia disse...

Oswaldo, eu tinha 12 anos!!!